Ávora Splendore Color Tonalizante 989 Louro Muito Claro Pérola

Cabelo curto e autoestima

Dicas pra quem vai em um show no Morumbi

Meu corte de cabelo Pixie Cut

Meu cabelo blorange / millennial pink

Máscara Super Lashes Vult

Favoritos de agosto |17

Como cuidar de cactos e suculentas

Natureza na decoração

Posts arquivados em: Tag: tonalizante

07nov/17

Ávora Splendore Color Tonalizante 989 Louro Muito Claro Pérola

CabelosResenhas

Quem tem cabelo loiro sabe que só shampoo roxo não dá conta de manter a cor sempre clarinha. Com o tempo, os fios oxidam e ficam amarelados, por isso eu faço matização com tonalizante sem amônia. Dessa vez eu usei o Ávora Splendore Color Tonalizante 989 Louro Muito Claro Pérola. Meu cabelo estava num loiro manteiga, com umas partes mais claras, um champagne.

De acordo com a marca:

Avora Splendore Color Coloração Creme sem amônia colore os cabelos de forma homogênea e com cores modernas, vibrantes e com muito brilho. Possui em sua formulação micropigmentos, óleos essenciais, proteínas do arroz em tecnologia vegetal 3d e silicones.

Além dessas funções, o produto contém em sua formulação Micropigmentos que penetram na fibra capilar, conferindo cor viva e uma perfeita cobertura dos fios brancos; Óleos essenciais que repõem a camada lipídica perdida com os processos de transformação que o cabelo sofre; Proteínas do arroz em tecnologia vegetal 3d que protegem a cor prolongando o brilho por mais tempo; Silicones que conferem uma perfeita selagem das cutículas entre outras coisas.

O Kit contém:

  • 1 Bisnaga de Avora Splendore Color Coloração Creme Sem Amônia 40g
  • 1 Frasco aplicador de Avora Splendore Oxi Emulsão Reveladora 60ml
  • 1 Bisnaga de Avora Splendore Blindage Tratamento Cosmético Pós Coloração 40g
  • 1 Folheto explicativo
  • 1 Par de luvas descartáveis

A ideia é que você faça a mistura na própria bisnaga com emulsão reveladora e aplique diretamente nos fios. A textura é cremosa e não escorre, fácil de aplicar.

Usei o produto conforme as especificações e apliquei nos fios secos. Em relação à matização, posso dizer que ele realmente neutralizou os fios amarelados, deixando bem claros os que já estavam mais descoloridos, mas os que puxavam um pouco mais pro laranja, nem tanto. Embora eu tivesse fios bem claros, quase brancos, ele não apresentou a mesma tonalidade da caixa que é um loiro acinzentado.

Deixei o tempo de pausa por 12 minutos após a aplicação, como faço normalmente com os demais tonalizantes. O folheto indicativo orientava 40 minutos. Fiquei com medo de chumbar ou de haver algum dano, por isso tirei antes. E foi a minha sorte.

Esses produtos livres de amônia são indicados pra matização justamente porque agem somente na porção descolorida dos fios, uma vez que a emulsão reveladora que vem no produto tem uma dosagem de água oxigenada com volume extremamente baixo. Juntamente com a ausência de amônia, teoricamente não haverá interferência na cor original do seu cabelo ~ tanto é que o uso é recomendado apenas para TONALIZAR e não tingir.

Mas no meu cabelo, a parte natural sofreu um leve clareamento, de 1 até dois tons em algumas partes. Deixou os fios com um tom acobreado, geralmente atingido com água oxigenada de 30 volumes. Veja bem: não estou dizendo que o volume da água oxigenada que veio no meu kit estava errado e com uma porcentagem maior, mas sim dizendo que o produto destinado a colorir somente os fios descoloridos acabou por alterar também a cor dos fios naturais, o que é errado para esse tipo de produto. Se você olhar bem, verá que há uma porção bem clara ~ que eram os fios mais descoloridos ~ e alguns fios ligeiramente alaranjados, que foram os fios que sofreram tingimento.

Tirando essa porção péssima do produto, ele não agrediu ou danificou os fios descoloridos e nem ressecou. No entanto, com cinco lavagens, já não tinha mais o mesmo tom e voltava a apresentar os tons mais laranjas de antes. Não dá nem pra dizer que o barato saiu caro porque ele tinha a mesma média de preço dos demais tonalizantes, escolhi esse porque já vinha o kit preparado e eu não precisaria fazer conta de proporções. Paguei R$25,90 na Mega Vale e não recomendo. Pode ser que os demais tons sejam diferentes, mas esses claros e principalmente o Ávora Splendore Color Tonalizante 989 Louro Muito Claro Pérola eu não uso mais.

Aqui no blog tem outras resenhas de tonalizantes que eu usei e gostei muito, se você tiver procurando por um que seja bom, dá uma olhada nesses posts!

 

Tags:
03mar/15

VÍDEO | O segredo do tom do meu cabelo loiro

BeautyBiaCabelosSem categoriaVídeos

Se tem uma coisa que sempre aparece nos comentários dos meus vídeos é qual o segredo do tom do meu cabelo loiro. Como vocês já sabem, ele é descolorido ~ falei sobre isso pra vocês nesse vídeo ~ e precisei de usar um tonalizante pra matizar e quebrar o tom amarelo. Só que essa manutenção eu faço a cada três meses ou mais, porque além de ressecar os fios, dou preferência para usar quando retoco a raiz. Então, nesse meio tempo, uso dois truques pra manter o tom do meu cabelo.

 photo meu cabelo loiro 10_zpsfkbidut7.jpg

Loiro é muito complicado, amarela com muita facilidade. Então é preciso ter em mãos produtos que realmente façam a diferença. Gravei um vídeo contanto pra vocês o que eu uso e como o faço, pra que vocês também consigam encontrar o tom de loiro dos sonhos. Aperta o play e vem ser feliz!

São apenas esses dois pequenos milagres que mantém meu cabelo sempre tonalizados, sem precisar recorrer ao uso de tonalizantes e tintas. O shampoo desamarelador eu já fiz resenha dele aqui, com informações de compra e tudo. Já a ideia da Violeta Genciana vem da colorimetria básica, que eu também já fiz post bem explicadinho aqui. Mas algumas dicas são valiosas na hora de preparar a máscara:

  • Faça o teste com as mãos.Quando começar a manchar de leve, é hora de parar. Somente algumas gotinhas para duas colheres de sopa são suficientes;
  • Se a mancha nas mãos for forte, ou na dúvida, acrescente mais creme branco, aos poucos até que não manche mais;
  • Se o seu cabelo ficar arroxeado, não se assuste. Isso sai conforme você for lavando;
  • A mistura pode ser guardada para usar mais vezes, contanto que você deixe bem tampadinha;
  • A violeta Genciana pode ser encontrada em qualquer farmácia e é um antisséptico e antimicótico, também usado em lesões na pele e em queimaduras. É lógico que a função dela não é isso, mas funciona por causa da colorimetria.

 photo meu cabelo loiro 13_zpsrzcpbjzu.jpg photo meu cabelo loiro 12_zps429htiif.jpg photo meu cabelo loiro 21_zpsbctsl15y.jpg

Ah! O tonalizante que eu uso para manutenção é na verdade uma coloração da Alfaparf, a Evolution 11.11 com água oxigenada de 10 volumes, por mais ou menos 6 a 8 minutos na parte descolorida.

 photo meu cabelo loiro 26_zpssqfz0amn.jpg photo meu cabelo loiro 25_zpsspuikwji.jpg

Espero que tenham gostado, pessoal!

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

Tags:
14jul/14

VÍDEO| Tonalizando o cabelo com anilina

BeautyBiaCabelosDicasRuivo

Gente, mudei de cabelo de novo! No último post deu pra vocês verem um pouquinho da crise, né?! Pois é, mas eu descobri que precisava mesmo era me encontrar no ruivo, com o tom certo. E não é que isso aconteceu? Já havia tonalizado antes com anilina, mas como o cabelo estava mais escuro, praticamente não deu diferença. Mas dessa vez foi diferente!

Aaaaah, não sei vocês, mas eu tô achando o meu cabelo a coisa marlinda desse mundo! Eu acho que eu deveria ter nascido com esse cabelo e ponto!

Eu então gravei todo o processo pra vocês, caso queiram se aventurar!

Dá muita diferença, né?! O melhor é que não alterou em nada a estrutura do meu cabelo e ainda deixou um brilho incrível ~ que é por conta do creme, é claro!

Espero que vocês tenham gostado, meninas! Pra quem ainda não faz parte do canal, é só clicar aqui!

PS: Uma leitora linda, a Amanda me disse de um caso de alergia ao produto, de uma menina que ela conhece. Me parece que não foi imediata e sim no dia seguinte. Então, fiquem de olho, ok? Façam sempre a prova de teste e aguardem de 24 a 48 horas. Se der tudo certo, se joga na anilina. Se algo errado aparecer, nada de usá-la, ok?!

Tags:
10fev/14

Tonalizante Cobre Kert

BeautyBiaCabelosResenhasRuivo

Semana passada fui ao clube. Entrei ruiva na piscina e saí loira ~ e olha que eu lotei de creme, tá? Como faz pouco tempo que retoquei a raiz, decidi tonalizar em vez de pintar de novo. Eu já tinha usado esse tonalizante uma vez e estava meio na dúvida em relação ao resultado, mas como ainda tinha produto, repeti a dose.

keratoncobrekert (1)

Ele vem em bisnaga, muito fácil de aplicar. É no mesmo esquema do Diesel Green que eu já tinha usado. De acordo com a marca, pode ser usado após produtos químicos, inclusive em cabelos alisados. Não contém amônia e não agride aos fios. Pode ser usado concentrado ou misturado com creme branco que é o jeito que eu uso (proporção de 1:1). Normalmente, ao ser usado puro tende a escurecer muito o tom.

Bem, a hidratação não é das melhores, mas acredito que por essa não ser a função principal do produto, não chega a ser um ponto negativo. Tem queratina e realmente deixa o cabelo muito brilhoso ~ e cheiroso! Não sei se é o meu cabelo, mas em algumas partes onde os fios estavam descoloridos ele puxou muito pro vermelho, saindo bastante do cobre mostrado na certela de cores. Deixa o ruivo mais vivo, mais alaranjado, mas isso é mais visível no sol. Em partes mais escuras, acho que fecha o tom, deixando um castanho acobreado que eu não gosto muito.

Confesso que tenho medo de me tornar aquelas ruivas obcecadas por um cabelo laranja e me tornar um copo de Fanta ambulante, mas sempre prefiro tonalizante cobre pra deixar mais natural. Tenho vontade de experimentar o C. Kamura, mas por aqui não vende. A durabilidade do Keraton é mediana e sai bastante já na primeira lavagem, exceto as partes mais avermelhadas. Ao todo, em 6 lavagens já não tem mais produto nos fios.

Se vocês pararem pra reparar, a diferença é mínima, mas “ao vivo” é bem mais destacado. As pontas que estavam quase loiras ficaram cobre como o restante do cabelo e, apesar de parecer ter ficado da mesma cor, ficou mais vivo, mais brilhoso. No sol a diferença é bem maior.

Eu até cheguei a gravar como eu faço, mas ficou desfocado então descartei. Em geral é um bom produto, talvez eu que não tenha me adaptado muito bem ao tom ~ é difícil ver o ruivo como ele realmente está! Mas é uma boa opção pra intercalar com os retoques e avivar a cor, sem falar  no brilho. Comprei na Mega Vale e pra mim rendeu 2 usos ~ porque eu não gosto de miséria. Custou R$22,00.

Tags:
09jan/14

Os melhores de 2013

BeautyBiaCabelosEsmalteFavoritos do mêsLivrosMaquiagemResenhasTutorialUnhas

Ainda no clima retrospectiva da vida, elegi os melhores em alguns aspectos do ano de 2013. Vou listar aqui pra vocês e fazer um breve resumo sobre cada um. Acho que usei bastante coisa, mas só algumas me cativaram de verdade e trouxe só o que comprei/compraria de novo. Vamos lá!

MAQUIAGEM

O blush mais lindo do ano foi sem dúvida o Dainty da MAC. Uso com qualquer maquiagem sem medo de pesar ou ficar artificial. E mesmo assim está praticamente intacto, um excelente produto.

Blush_Dainty_MAC (9)

O primer babadeiro de 2013 foi o da Too Faced, Shadow Insurance. Com ele, a sombra adere por mais tempo e consigo esfumá-la perfeitamente, sem acúmulo nas dobrinhas. É outro que uso, uso e não se acaba ~ ainda bem!

Batom confesso que senti uma ligeira dúvida, mas logo passou quando olhei pra ele novamente: Candy Yum Yum da MAC. Cor linda, fixação incrível, textura perfeita. Só amores..

A base não poderia deixar de ser a minha queridinha Timewise da Mary Kay. Recomendo pra todo mundo, qualquer idade, qualquer tipo de pele. Acabamento matte e cobertura média/alta, mas que dá pra usar perfeitamente durante o dia. Sou a-p-a-i-x-o-n-a-d-a por ela!

UNHAS

O esmalte mais bonito foi o o Laís da Belíssima. Até hoje quando uso alguém me pára pra perguntar qual é. Um rosa lindo e que me deixa animada só de usá-lo!

Já como base eu não poderia deixar de eleger a fortalecedora com queratina da Blant. Realmente senti diferença em relação ao crescimento e fortalecimento das unhas com ela. É uma querida!

Se tem uma coisa que eu não poderia deixar de mencionar é o produto inovador de retirar esmaltes, a esponja removedora da Blant. Gente, não vivo sem mais! Estou até preparando um D.I.Y. pra vocês porque isso é vida, praticidade de amor!

CABELOS

Um caso de amor ao primeiro uso foi a ampola TRESemmé de reconstrução imediata. Sempre que meus fios estão meio ressecados eu apelo pra esse tipo de produto. Acho quer são mais concentrados, por isso fazem efeito mais rápido e mais aparente. Adoro!

A linha da Truss também foi uma perfeição só. Nunca vi tanto brilho pra um cabelo só, ainda mais depois de lavar em casa! É uma linha profissional que vale muito o investimento.

O óleo Garnier Fructis também ganhou lugar cativo no meu coração. Já estou no segundo vidro e o próximo vai ser aquele liso marroquino. Amo, amo amo!

A descoberta platinada do ano foi o tonalizante da Alfaparf. Pra quem gosta de deixar os fios bem clarinhos é uma excelente opção!

color_wear_10 (32)

TUTORIAL

Ah… quase morri quando aprendi isso e precisava compartilhar, vocês se lembram? Não poderia deixar de dizer que o tutorial do ano foi o de cachos com a chapinha mega fácil #biaorgulhosa

LIVRO

Sem dúvida o Wreck this Journal foi o livro mais legal de uma vida inteira! Ainda não acabei o meu e assim que o fizer mostro em vídeo pra vocês!

E vocês? Quais foram os seus favoritos de 2013? Algum desses também? Me conta!

11dez/13

Tonalizante: dúvidas e respostas

BeautyBiaCabelos

Mas olha, hoje é o dia em que eu vou salvar a vida de vocês #brinks #soquenao. Desde os dois últimos posts que eu fiz sobre tonalizantes para cabelos, muitas meninas me perguntam sempre as mesmas dúvidas. Então juntei os e-mails e os comentários, fiz um mega resumo e hoje vamos esclarecer algumas dúvidas, mas vale sempre ressaltar que somente um profissional especializado pode realmente te ajudar!

1. O QUE É TONALIZANTE?

Como o próprio nome sugere é um produto que vai alterar o tom do seu cabelo.É menos agressivo do que a tintura em si inclusive por não conter amônia, mas ainda assim é uma química.

2. QUAL A INDICAÇÃO DE USO?

Por ser menos agressivo, é indicado para pessoas que tem fios mais frágeis, para quem quer matizar o tom dos fios após a coloração ou ainda para realçar e dar brilhos nos cabelos. Se você já possui alguma química (progressiva, coloração ou permanente) é a opção mais indicada porque não alteram a estrutura dos fios.

3. QUAL A DURABILIDADE DO PRODUTO NOS FIOS?

Como são considerados uma pintura mais superficial e não contém amônia, a durabilidade é inferior a um processo de coloração comum. Depende do estado dos fios e da quantidade de lavagens após a plicação. Em média, um tonalizante resiste a 20 lavagens.

4. QUERO FICAR MAIS LOIRA. QUAL TONALIZANTE EU USO?

Nenhum. Tonalizante não clareia o cabelo! Se você quer/precisa clarear seu cabelo, você precisa de tintura e, dependendo do tom desejado, até mesmo de descoloração. Inclusive, se você tem californianas ou mechas abaixo da raiz, pode passar o tonalizante no cabelo inteiro que somente onde estiver descolorido sofrerá alteração – não tem amônia, lembra?

5. SOU LOIRA, MAS MEU CABELO ESTÁ AMARELADO. O TONALIZANTE PODE ME AJUDAR?

Sim. Aqui e aqui tem dois posts sobre isso, onde usei tonalizantes para retirar o amarelado dos fios. Isso funciona porque segue o círculo cromático. De acordo com  a lógica, para corrigir um tom do cabelo, usa-se um tonalizante no tom oposto conforme o círculo para corrigir e alcançar a cor desejada. Exemplo: Se o cabelo está alaranjado, devemos usar um tonalizante com pigmentos azulados para neutralizar o tom.

6. VOU USAR UM TONALIZANTE. QUAL O TEMPO DE AÇÃO DO PRODUTO?

É muito importante que você siga exatamente as orientações contidas na caixa, a menos que uma pessoa especializada lhe diga para fazer diferente. Mexer no cabelo é igual fazer bolo: mesmo sabendo do tempo que ele demora pra ficar pronto, você precisa sempre olhar e conferir se já não está na hora de tirar.

7. QUERO UM TONALIZANTE QUE DEIXA MEU CABELO PLATINADO. QUAL USO?

Isso depende muito do tom em que está seu cabelo agora. No mercado há produtos específicos para isso como o L’oreal Richesse Milk Shake Gelo, o Prata Polar e o Keraton Prata da Kert, o Prata da Intensy Color e outro de mesmo nome  do Celso Kamura, Evolution Platinum da Alfaparf entre outros milhares. No entanto, platinar requer muito cuidado e experiência, podendo levar a sérios danos nos fios se não feito corretamente. Nesse caso,  recomendo mais do que nunca a ajuda de um profissional da área.

8. USEI UM TONALIZANTE PRATA E MEU CABELO FICOU ROXO/VERDE. O QUE EU FAÇO?

Bem, tem gente que deixa chumbar propositalmente o cabelo para conseguir o efeito acinzentado nos fios. Eu já fiz como também tive a infelicidade de ter meu cabelo chumbado, puxando pro verde sem querer. Normalmente os fios sem pigmentação (como no caso dos muito descoloridos) tem grande chance de chumbarem até mesmo com tonalizante, principalmente se eles tiverem nunces irisadas (são os de final .1/01 ou .2/02, como o 10.02, por exemplo. Se esse número se repete – .22 -, significa que a cor está intensificada, então mais cuidado ainda). Olhe a tabela abaixo e tome cuidado na hora de escolher o tonalizante:

NÚMERO BASE

Preto absoluto – 1
Preto natural – 2
Castanho escuro – 3
Castanho Médio – 4
Castanho Claro – 5
Louro Escuro – 6
Louro Médio – 7
Louro Claro – 8
Louro claríssimo – 9
Loiro claríssimo – 10

NUANCE

Reflexo Cinza – 1
Reflexo Irisado ou Mate – 2
Reflexo Dourado – 3
Reflexo Acobreado – 4
Reflexo Acaju – 5
Reflexo Vermelho – 6
Reflexo Marrom ou chocolate – 7
Reflexo azul – 8
Reflexo Verde/Mate/Violeta – 9

Portanto, um tonalizante 9.01 como o Milk Shake Gelo tem a cor Louro Claríssimo com nuances violeta. Entenderam? Seguindo essa tabela + o círculo cromático, fica mais fácil entender como funciona a tonalização e prevenir possíveis erros. Mas se mesmo assim você conseguiu deixar o cabelo arroxeado ou esverdeado, aqui vão duas dicas que ajudam muito:

Roxo: Lave os fios com shampoo anti-resíduos misturado com vitamina C em gotas – vulgo Cewin. Não tenha piedade, use umas 40 gotas por porção de shampoo (equivalente a 2 moedas de R$1,00) e faça bastante espuma, deixando agir por 5 minutos e repita o processo. Isso ameniza e em muitos casos resolve o problema, dependendo da intensidade do roxo.

Verde: Pegue meio copo de leite desnatado e misture com 2 colheres de sopa que creme para cabelo branco, somente pra lhe ajudar a passar nos fios. Deixe agir por 40 minutos em touca e depois lave. É um processo mais demorado e progressivo, mas aos poucos retira a porção esverdeada dos fios, pode acreditar.

Lembre-se que em cabelos muito despigmentados o cuidado é redobrado. Os fios ficam como uma esponja: absorvem toda pigmentação com muita facilidade, ao mesmo tempo que perdem. Ou seja, nessa fase, nada de cremes/shampoos/produtos coloridos, prefira sempre os brancos.

9. TENHO PROGRESSIVA, MAS QUERO PINTAR O CABELO. O QUE EU FAÇO? QUAL VEM PRIMEIRO?

Primeiro vem o seu cabeleireiro te dizer o que você deve fazer, sempre. Até porque só ele sabe até quanto seu cabelo aguenta receber mais química. Mas é importante a gente seguir uma certa lógica: a coloração não tem água oxigenada e amônia? Isso não age abrindo a cutícula do cabelo para penetração da cor? Pois bem. Se a progressiva precisa fixar na cutícula para garantir o efeito liso, então você deve primeiro pintar pra depois alisar, certo? Se não a tintura abre os fios novamente e lá se foi embora toda progressiva…

ALGUMAS OBSERVAÇÕES:

  • Eu não sou cabeleireira, o que eu falei qui foi porque tive experiência com o meu cabelo – e a maioria delas vocês podem ver aqui  – porque pesquisei e estudei sem nenhum compromisso. Portanto, é de extrema importância que você procure um bom profissional porque só ele poderá lhe dizer o que fazer, reduzindo imensamente as chances de insatisfação ou danos.
  • A Kah do E aí, Beleza? Fez um mega post sobre coloração. Recomendo a leitura, o link está aqui.
  • Na dúvida, entre em contato com o SAC da marca e peça maiores instruções.

 Lá na página do blog a gente sempre debate algumas questões, é só curtir e ficar por dentro!

Tags:
24set/13

Tonalizante Color Wear Alfaparf 10.02 Louro Extra Claro Puro Irise + meu cabelo novo

BeautyBiaCabelosDicasResenhas

Bem, agora que vocês conseguiram ler o título todo, vamos ao post!  Como vocês sabem, eu gosto mesmo é do loiro branco! Mas já faz um tempo que venho tentando deixar meu cabelo mais saudável. No final das contas, sempre volto pro loiro… Na verdade, eu queria que minhas californianas ficassem em um tom mel, mas não ficou e eu saí do salão me sentindo uma das irmãs metralha do Bonde das Maravilhas  ~ nada contra, mas não gosto desse tom pra mim. Depois de muito cortar, clarear, mexer, subir as mechas AND tonalizar, descobri um pequeno milagre!

Meu cabelo novo! Curto, loiro macio!

Quem já tentou comprar o Richesse aqui em Juiz de Fora sabe o perrengue que é. Então eu precisava encontrar outro produto que fizesse o mesmo efeito e que fosse mais fácil de achar. Resolvi investir no Color Wear da Alfaparf e olha… adorei o resultado!

Agora as mechas estão mais pras pontas na parte de trás e o corte novo deu mais leveza e movimento. Quando eu faço cachos, ele fica mais curtinho, do jeito que eu queria mesmo. Mas vamos ao que interessa, o Color Wear!

color_wear_10 (3)

É um tonalizante sem amônia no mesmo esquema do Richesse e o resultado é um pouco diferente. Usei a cor 10.02 com emulsão reveladora de 10 volumes.  Nas fotos acima, fiz banho de brilho em vez de aplicar o tonalizante direto, já explico pra vocês como é isso.

No Color Wear, o tom do cabelo fica platinado, mas não fica branco, entende? Ele quebra o amarelado, mas não deixa com aspecto “envelhecido” como vocês disseram do Richesse. Na matização, eu fiz com cabelo úmido e dividi o tubo em três partes (tem a marcação pra ajudar), usando só uma. Fiz a mesma coisa com a água oxigenada, mas na caixa tem todas as especificações, não se preocupem.

No banho de brilho, deixei 10 minutos nos fios perto da nuca e 7 nos de cima pra não ter chances de chumbar. Como durou apenas 4 lavagens, fiz a matização completa com água oxigenada de 10 volumes também, mas deixei um pouco mais, 15 minutos no cabelo todo, prestando atenção pra não deixar chumbar. Depois lavei só com água e depois usei ampola.

Já lavei duas vezes desde que matizei e ainda não percebi alteração da cor. Achei que os fios mais claros ficaram um pouco mais frágeis, provavelmente por conta  da água oxigenada. A foto abaixo é um antes e depois do banho de brilho:

Muita diferença, né? Mas dá pra reparar que mais próximo da raiz não clareou tanto, justamente porque antes também estava menos claro. Não tem amônia, né gata? Já a foto abaixo foi depois da matização:

Perdão pelo cabelo bagunçado, mas tô adorando usar ele assim!

Parece que no banho de brilho ficou mais claro, mas na verdade não foi bem isso o que aconteceu. A iluminação do dia do banho de brilho estava mais intensa e direcionada. Eu gostei muito, principalmente porque não chumbou e não chegou nem perto disso, mas achei o Richesse mais potente – e mais difícil de usar, precisa realmente ficar atento. Mas é uma excelente alternativa. Comprei na Mega Vale e foi R$17,30.

Algumas considerações:

  1. Para fazer o banho de brilho: 2 colheres de sopa de creme branco (qualquer creme de cabelo, gata!) + meio tubo de tonalizante sem amônia irisado ou acinzentado + 1 colher de sopa de água oxigenada 10 volumes. Faça a mistura e aplique nos cabelos previamente lavados e secos, no máximo 10 minutos, tomando conta pra não chumbar. É ideal pra fazer no dia em que você descoloriu, porque matiza com chances mínimas de chumbar. No meu cabelo, durou 4 lavagens – é importante saber que o jeito de lavar influencia. Esse é o melhor jeito. Após o banho de brilho, apenas enxágue bem com água e use, se necessário, condicionador.
  2. Como não tem amônia, não adianta passar no cabelo que não foi previamente descolorido antes poque não haverá alteração da cor! Da mesma forma, caso esteja amarelado/alaranjado por conta de tintura ou tonalizante anterior, também não vai mudar.
  3. O tempo de pausa deve ser observado e em cada pessoa é de uma forma. Comigo, consegui deixar 15 minutos o Color Wear sem problemas, mas com o Richesse 8 já deixou chumbado.
  4. Vocês podem ver principalmente pela última foto que, onde estava alaranjado por conta de pouca descoloração, o tonalizante não fez milagre. Amenizou, mas não clareou.

E vocês? Já usaram o Color Wear?

20ago/12

Tonalizante sem amônia L’oreal Richesse – Milk Shake Gelo

BiaCabelosResenhas

Esses dias eu falei com vocês sobre esse tonalizante, mas hoje vou explicar melhor como funciona. Ele não contém amônia e é tranquilo de aplicar em casa.

Como eu falei pra vocês no vídeo,  utilizo depois de já ter feito as luzes, mais ou menos um mês depois. Isso mantém o tom platinado dos fios que amarelam com o tempo. Se quiser, também pode aplicar no mesmo dia em que fez as luzes/mechas. Também já fiz assim e não estragou meu cabelo.

O tonalizante vem em uma bisnaga e você precisa comprar uma emulsão reveladora pra misturar (tem explicações na caixa, fica tranquila).  Pro meu cabelo, usei meia bisnaga e meio pote de emulsão, proporção de 1:1. Quando você coloca em um pote plástico e mistura, fica com a mesma textura de um creme hidratante de cabelos – a aplicação é da mesma forma, pega produto e passa ao longo da mecha – rapidinho fica homogêneo.

A aplicação pode ser feita com as mão diretamente, use uma luva pra evitar alergias, mas não precisa de pincel. Pode aplicar desde a raiz e ficar despreocupada porque não vai clarear nada que já não esteja descolorido. Mas espalhe igualmente por todo o cabelo pra não ficar manchado. Na caixa tem uma medida de tempo, mas eu recomendo no máximo 8 minutos. Olha as fotos que você vai entender porque.

Continue lendo