Top 5 Livros de 2018

Resenha Gloss Lip Volume Hialurônico Blant

Espuma de Limpeza Facial Cicatricure

1 peça 5 looks: Chemise

Esponja de silicone para limpar a pele

Minhas novas tatuagens

Resenha Spray Dumb Blonde Bed Head TIGI – toning protection spray

Cupom de desconto Glambox

De 2018 para 2019

Posts arquivados em: Tag: texto

01jun/17

A famosa pausa

Good VibesTextos

Eu cheguei a comentar sobre isso no Instagram e através dos histories, porque era o meio mais rápido de me comunicar sobre o que estava acontecendo. A pausa, a famosa pausa que todo mundo precisa em um determinado momento da vida. Seja no amor, no trabalho ou até mesmo pra conhecer melhor a si mesmo. Mas a pausa veio depois do caos.

Conforme eu mencionei na época, eu sou uma pessoa que ama criar, fico empolgada com cada pequena coisa do meu dia e todas as vezes que eu me deparo com algo, quero transformar em conteúdo, dividir com vocês de alguma forma. Eu amo meu trabalho e a possibilidade de estar sempre em movimento me deixa realmente motivada e satisfeita com a carreira que escolhi seguir. Mas a vida da gente não é só o que a gente escolhe diretamente e algumas coisas que ocorrem em segundo plano acabam nos obrigando a priorizar, muitas vezes, o que não planejávamos.

 photo kaboompics_Macbook a coffee a chocolate a meringue dessert and a notebook in a bed_zpsaurpl3a1.jpg

Quando eu completei 100 mil inscritos nos YouTube, planejei um monte de coisas. Queria fazer um especial, um mês inteiro da gente juntos pra comemorar todo o apoio que vocês me deram durante todos esses anos. Me planejei, fiz um calendário seguindo os temas mais pedidos do canal, revi todas as sugestões de vídeos que vocês me deram ao longo do tempo pra agradar e agradecer vocês. Foram dias de gravações intensas, uma atrás da outra, madrugadas editando pra dar tudo certo no pouco tempo que eu tinha. Mas não deu. Sabe quando uma pequena coisa desanda e aí todo o resto continua em cadeia? Pois é.

A verdade é que não houve nada de extraordinário, nenhum acontecimento grave. Eu é que não dei conta por milhares de motivos pessoais. Com isso, minhas crises de ansiedade aumentaram e foi ficando cada vez mais difícil controlar, até que cheguei em um ponto que paralisei e não conseguia sair do lugar ~ nem físico, nem criativo. Deu branco, deu pânico, deu desespero e a cada dia que passava e eu falhava, fui ficando cada vez mais frustrada e falhando em outras áreas da minha vida também. O caos.

 photo kaboompics_Vintage and contemporary cameras_zpsxjtphogo.jpg

É muito ruim se comparar aos outros e nesse tempo em que não dei conta, foi o que eu mais fiz. Só ficava me lembrando da quantidade de gente que eu sigo que tem um monte de coisas pra fazer na vida e ainda assim dão conta do recado. Isso é a pior coisa que existe! Cada um tem seu tempo, sua vida e a gente precisa sempre ter em mente que as redes sociais mostram apenas um recorte da vida real da pessoa, aquilo que ela escolheu mostrar e que não necessariamente representa o todo ou a vida dela em si.

Então decidi parar, respirar fundo e repensar o que eu estava fazendo. Definitivamente aquilo não estava sendo saudável. Se eu insistisse, só ia ficar pior. Foi muito duro e difícil pra mim escolher isso, “abandonar” os projetos daquele tempo e assumir que falhei. Senti medo das críticas, senti vergonha de mim mesmo e até menos capaz. Mas no final das contas, foi a melhor coisa que eu poderia ter feito por mim e pelo meu trabalho. Com isso, eu repensei um monte de coisas que já não fazia mais sentido e voltei a me encontrar em outras que eu havia deixado de lado. É aquela história: autoconhecimento. Quando a gente olha pra dentro, fica mais fácil olhar pra fora ~ e isso acontece naturalmente, com outros olhos.

Hoje minha vida é diferente do que era no início do ano e principalmente do que sempre foi. É uma mudança boa, mas que exige aprendizado, costume e habilidade pra conciliar o que há de novo, sem abandonar o que já era habitual. Então, estou nesse processo de tentativas e erros, seguindo em frente, sempre. O que não significa não ir com calma, pausar quando necessário e retomar sempre que preciso. De agora em diante, vamos retomar, mas não de onde paramos, mas sim de um novo começo.

 photo kaboompics_Macbook an iPhone a coffee a chocolate and a notebook in a bed_zpsl09sqkfb.jpg

O blog está de volta e estamos trabalhando uma nova identidade visual, novo layout e reposicionamento nas redes. O canal segue com dois vídeos por semana, na Quarta e na Sexta, às 19h. Não vou fazer os posts dos vídeos que não foram feitos até então, mas de agora em diante, todos os vídeos terão posts. Nas redes sociais, vou me esforçar bastante pra estar mais presente ~ inclusive estou respondendo a todos os comentários, directs e e-mails, ok? Conforme as coisas forem acontecendo, eu vou notificando vocês.

Muito obrigada pela compreensão de sempre. Que a gente possa nos cobrar menos e ser feliz com nossas escolhas.

Tags:
07jul/14

Sobre escritas e crônicas de um dia (sobre)vivido

BiaGood VibesTextos

blue vintage

Imagem

Acho que nunca contei pra vocês, mas meu primeiro blog era completamente pessoal. Nele eu escrevia coisas que um dia saberia que se chamavam “crônicas”. Eram sentimentos digitados, eu precisava (sempre) me expressar. Hoje, eu reli muitos dos meus textos e me bateu uma saudade enorme de escrever. Quase não me reconheci e, pra ser sincera, acho que era mais madura há quatro anos e vi que muitas das minhas questões ainda são as mesmas.

Há quase 8 anos perdi meu pai e isso foi um grande combustível para que eu escrevesse, tentando apagar a queimadura da saudade. Irônico, não?! Hoje, com outros problemas e atravessada por demandas diferentes, me sinto novamente com vontade de escrever, de externar esse mundo inteiro que eu tenho aqui dentro.

Como hoje o blog é só meu, me sinto mais à vontade de compartilhar aqui. Como vocês fazem disso aqui um lugar cheio de coisas boas, me sinto falando não tão sozinha. Então essa conversa toda é só pra dizer que vez ou outra vocês irão ler escritas minhas por aqui. Seja pra desabafar, seja pra conversar, seja pra o que quer que seja. Não tenho intuito de transformar isso em conteúdo, por isso serão sempre que o coração quiser, não tirando o lugar de nada nem o foco do blog. Quem sabe você não se encontra nessas linhas? Obrigada por tudo, pessoal!

Tags: