Ajudinha pra secar o esmalte

Cupom de desconto Ui! Gafas

Minha experiência com a Gimultimarcas | Melissa Daikanyama

Tour pelo meu escritório

Como usar bandanas além dos cabelos

Batom Stick Matte Vult

Máscara Max Cílios 4D Bella Femme

Gotas Secantes Rápidas para Unhas da Quem disse, Berenice?

Diário em Tópicos – guia prático

Posts arquivados em: Tag: livro

05mar/18

A Sutil Arte de Ligar o F*da-se

Livros

Um livro com o título A Sutil Arte de Ligar o F*da-se é no mínimo atrevido, não é mesmo? Fiquei muito curiosa quando comecei a ver imagens dele pela internet e não resisti: comprei meu exemplar. Ele é um livro bem diferente ~ nota-se pelo título ~ e é daqueles que a gente grifa várias e várias páginas pra reler depois e não se esquecer das lições.

Chega de tentar buscar um sucesso que só existe na sua cabeça. Chega de se torturar para pensar positivo enquanto sua vida vai ladeira abaixo. Chega de se sentir inferior por não ver o lado bom de estar no fundo do poço.
Coaching, autoajuda, desenvolvimento pessoal, mentalização positiva — sem querer desprezar o valor de nada disso, a grande verdade é que às vezes nos sentimos quase sufocados diante da pressão infinita por parecermos otimistas o tempo todo. É um pecado social se deixar abater quando as coisas não vão bem. Ninguém pode fracassar simplesmente, sem aprender nada com isso. Não dá mais. É insuportável. E é aí que entra a revolucionária e a sutil arte de ligar o f*da-se.
Mark Manson usa toda a sua sagacidade de escritor e seu olhar crítico para propor um novo caminho rumo a uma vida melhor, mais coerente com a realidade e consciente dos nossos limites. E ele faz isso da melhor maneira. Como um verdadeiro amigo, Mark se senta ao seu lado e diz, olhando nos seus olhos: você não é tão especial. Ele conta umas piadas aqui, dá uns exemplos inusitados ali, joga umas verdades na sua cara e pronto, você já se sente muito mais alerta e capaz de enfrentar esse mundo cão.
Para os céticos e os descrentes, mas também para os amantes do gênero, enfim uma abordagem franca e inteligente que vai ajudar você a descobrir o que é realmente importante na sua vida, e f*da-se o resto. Livre-se agora da felicidade maquiada e superficial e abrace esta arte verdadeiramente transformadora.

Por incrível que pareça, ele é sim um livro de autoajuda e faz isso de uma forma muito surpreendente: apontando o dedo na sua cara e dizendo que você não tem nada de especial, muito pelo contrário! Sofre e se dá mal como todo mundo. Mark faz uma revolução na forma com que enxergamos a vida e principalmente os efeitos e as consequências de dias e sentimentos ruins. Pra ele, você é o único responsável pela forma com que escolhe agir diante de qualquer coisa na sua vida. Preparados pra assumir a responsabilidade dos seus atos?

Formato(s) de venda: livro, e-book
Tradução: Joana Faro
Páginas: 224
Gênero: Não Ficção
Formato: 14 x 21 x 1,7
ISBN: 978-85-510-0249-0
E-ISBN: 978-85-510-0250-6
Lançamento: 06/11/2017

Eu comprei A Sutil Arte de Ligar o F*da-se no site da Amazon e chegou super rápido, custou uns 20 e poucos reais. No site da Intrínseca tem mais informações sobre o livro e onde encontrar. E vocês, já leram?

14fev/18

Tartarugas até lá embaixo | resenha

Livros

Desde que recebi esse livro da Intrínseca só ouvi elogios. Tartarugas até lá embaixo é o novo livro do John Green, aquele que escreveu A culpa é das Estrelas e Cidades de Papel entre outros e traz uma história tão fácil e gostosa de acompanhar que a gente praticamente devora o livro. É simples, mas é cheio de humanidade, sabe?

A história acompanha a jornada de Aza Holmes, uma menina de 16 anos que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido – quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro – enquanto lida com o transtorno obsessivo-compulsivo (TOC).

Repleto de referências da vida do autor – entre elas, a tão marcada paixão pela cultura pop e o TOC, transtorno mental que o afeta desde a infância -, Tartarugas até lá embaixo tem tudo o que fez de John Green um dos mais queridos autores contemporâneos. Um livro incrível, recheado de frases sublinháveis, que fala de amizades duradouras e reencontros inesperados, fan-fics de Star Wars e – por que não? – peculiares répteis neozelandeses.

Como já era de se esperar, Tartarugas até lá embaixo é cheio de citações e frases marcantes e que dão mais profundidade aos personagens ~ aliás, eles são sempre tão cativantes! São simples, mas fazem a gente se colocar no lugar e conseguir viver o que se passa. A maneira com que o autor trata de assuntos sérios para jovens é incrível, como no caso desse livro onde John Green aborda o TOC de uma forma que qualquer pessoa consegue entender. A gente se sente envolvido com o drama e consegue enxergar através de diferentes perspectivas. Fiz uma resenha bem sincera, aperta o play pra você ver!

Formato(s) de venda: livro, e-book
Tradução: Ana Rodrigues
Páginas: 256
Gênero: Ficção
Formato: 14 x 21 x 1,4
Lançamento: 10/10/2017

No site da Intrínseca tem mais informações sobre preço e onde comprar. E vocês, gostaram do livro?

12maio/16

5 filmes que eram livros

LivrosLyfestyle

Eu sei que nesse mundo do entretenimento a gente tem dois tipos de pessoas: as que preferem os livros e as que preferem os filmes. E se a gente puder juntar as duas coisas? Pensando nisso, fiz uma lista com filmes que eram livros e que agora tem suas adaptações para as telonas e deixar todo mundo feliz!

Eu particularmente prefiro ler os livros antes de ver os filmes. Na maioria das vezes eles ão mais completos e com isso eu posso criar minha própria versão dos personagens e quando assisto ao filme só reconstruo as cenas na minha cabeça. Embora haja algumas pequenas exceções onde o filme ficou melhor que o livro, como no caso de A Culpa é das Estrelas, por exemplo. Eu achei que o filme deixou somente o necessário, cortando boa parte da enrolação que eu senti ao ler o livro ~ pra entender do que eu tô falando, aqui tem resenha sobre ele!

Mas pra quem tem preguiça de ler o livro ou estava ansioso pra ver sua leitura favorita no cinema, aí vai uma lista bem caprichada de 5 filmes que eram livros!

O SILÊNCIO DOS INOCENTES

 photo desde_zps9nhauffa.jpg

Sim, pra quem é super fã do filme mas não fazia a menor ideia de antes era um livro, aqui etá a maior surpresa. O livro original de Thomas Harris inspirou o longa estrelado pelo meu querido Anthony Hopkins. Pra quem está totalmente perdido, esse filme é um dos clássicos sobre assassinos em série e tem toda uma trama de FBI e pasmem: canibalismo!

O silêncio dos Inocentes – R$15,oo – Compre aqui

JOGOS VORAZES

 photo dddff_zpsolardzjv.jpg

A saga de Katniss, Peeta e Gale pode ser encontrada na versão literária escrita por  Suzanne Collins. Embora a narrativa seja ligeiramente diferente, ambos contam a história de uma adolescente de 16 anos que lutará literalmente para salvar onde vive.

Jogos Vorazes Trilogia – R$66,50 – Compre aqui

CLUBE DA LUTA

 photo 4_zpsfdus9oic.jpg

O famoso filme com o queridinho Brad Pitt é inspirado no romance homônimo de Chuck Palahniuk e traz a história de um homem que entra para um clube da luta para desafogar os problemas da vida e no final a gente fica meio atordoado. Mas olha, só as cenas de Brad sem camisa valem todo a confusão mental que a gente sente!

Clube da Luta – R$20,70 – Compre aqui

A PELE QUE HABITO

 photo a-pele-que-hsssabito_zps9lissw5c.jpg

Aquele filme chocante que deixa qualquer pessoa nervosa depois de assistir foi baseado no romance de Thierry Jonquet. A história se desenrola através da vida de um cirurgião plástico obcecado em recriar a pele humana em laboratório. No meio disso, alguns eventos ocorrem e o médico tem a oportunidade de testar a qualquer custo seu experimento em seres humanos. O resultado? Uma dor de cabeça gigantesca por dias depois do filme acabar e um sentimento perturbador!

ILHA DO MEDO

 photo ddgr_zpscigz6dmx.jpg

O filme que estrela Leonardo di Caprio tem origem no livro de Dennis Lehane.  Durante o filme rola uma investigação da fuga de uma interna do Hospital Psiquiátrico Ashecliffee todo enredo é de surpreender e tirar o fôlego.

Ilha do medo – R$42,90 – Compre aqui

E vocês? Sabiam que esses excelentes filmes eram na verdade livros? E me contem aí, qual outro vocês gostam e estão só esperando virar filminho ~ me conta também mais filmes que eram livros antes!

Tags:
25jan/16

Resenha | Roube como um Artista – Austin Kleon

BiaLivrosResenhas

Eu sou aquele tipo de pessoa que ama tudo que incentiva a criatividade ~ porque tem dias que a gente não consegue encontrar inspiração em lugar nenhum né? Quando conheci esse livro, o Roube Como um Artista do Austin Kleon, minha vida mudou! Ele me fez ver criatividade em coisas que eu jamais esperaria.

É um livro divertido, rápido de ler e com leitura fluida. Apesar no nome inusitado ~ “Roube Como um Artista” não parece um manual para roubar direito, sem deixar pistas? ~ é daquele tipo de livro que a gente tem vontade de deixar na cabeceira e ler todos os dias ao acordar. O meu tem marcações do início ao fim, só com coisas que fizeram toda a diferença no meu modo de pensar e ver as coisas.

 photo ROUBECOMOUMARTISTA_zpsy6landwc.jpg photo ROUBECOMOUMARTISTA04_zpsmpro87xd.jpg

Além do livro, vi que lançaram também um Diário, algo pra que você faça suas anotações, como o próprio autor sugere. Me pareceu bem bacana, mas eu não vi pessoalmente, então não sei dizer se ele te orienta ou se são só paginas em branco mesmo.

Independente disso, sinto que eu fiquei muito mais atenta, sabe? Agora, vejo as coisas com olhos de quem se pergunta se tal coisa vale ser guardada como inspiração ou não. Também criei meu próprio “Arquivo de Furtos” como ele disse e, quando bate o branco criativo, recorro a ele pra ter algumas inspirações pra mim.

 photo ROUBECOMOUMARTISTA02_zpsqxap6tb5.jpg photo ROUBECOMOUMARTISTA03_zpsgoqqsb7x.jpg photo ROUBECOMOUMARTISTA01_zps8yalif80.jpg

ISBN: 9788532528421

Páginas: 160

Editora: Rocco

Pra saber o que mais eu achei desse livro incrível e cheio de ideias motivadoras, é só assistir ao vídeo abaixo!

Tags:
18maio/15

Livro | Morando Sozinha – tudo que você precisa saber para ter uma vida independente

BiaLivrosLyfestyleResenhas

 photo morando sozinha 1_zpszdbe4ujb.jpg

Hoje a resenha é de um dos melhores livros que eu já li, o Morando Sozinha. Não é porque a Fran é minha amiga, nem porque eu recebi o livro, mas porque é realmente um produto incrível e muito bem feito em todos os aspectos. Apesar de ser um livro sobre “morar sozinha”, ele tem dicas e passagens que servem pra todo mundo, até mesmo pra quem não vai passar por isso tão cedo.

 photo morando sozinha 5_zpslwfbprmg.jpg photo morando sozinha 8_zpssx1oumdq.jpg

O foco, ao meu ver, não é necessariamente pra quem quer sair de casa, mas sim pra quem quer ter independência na vida e te dá um bom choque de realidade, colocando todas as dificuldades na mesa pra que você saiba exatamente onde está se metendo. Mas tudo isso é feito de uma forma muito prazerosa de ler, como se uma amiga experiente estivesse conversando com você, quase te dando um conselho.

 photo morando sozinha 3_zpsldale3vf.jpg

Título: Morando Sozinha
Subtítulo: Tudo Que Você Precisa Saber Para Ter Uma Vida Independente
Autor: Fran Guarnieri
Editora: BelasLetras
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 160 páginas
ISBN: 978-85-8174-211-3
Dimensões: 210mm x 150mm

 photo morando sozinha 11_zpscgkikeh7.jpg

Eu li o livro todo em um dia. Primeiro porque ele é muito fluido e realmente interessante. A Fran mescla dicas com passagens da sua vida que servem não só pra exemplificar o que ela acabou de dizer, mas também pra nos trazer pra perto, como descrito perfeitamente no livro: (dicas da) sua irmã mais velha. Segundo porque o livro é lindo, é todo rosinha por dentro e é cheio de fotos e artes lindas que são a cara da Fran. Eu, que a conheço, pude reconhecer cada detalhe dentro dele, a dedicação impecável dela.

 photo morando sozinha 2_zpsdiulcnum.jpg photo morando sozinha 6_zpsvzxzca68.jpg

O livro conta a experiência dela desde o momento em que decidiu sair de casa pela primeira vez e tudo o que ela passou, tanto de bom, quanto de ruim, mostrando o que ela fez diferente na segunda vez e que de fato deu certo. No livro você também tem acesso a coisas que a gente não costuma encontrar informações com facilidade: o que é preciso para alugar um apartamento, devo comprar ou alugar?, o que não pode faltar na sua casa e o que você pode comprar aos poucos, como se organizar financeiramente e muito mais. Pra quem já ouviu falar, mas não sabe ainda como funciona, tem uma explicação pra lá de completa sobre o famoso Caderninho da Organização.

 photo morando sozinha 7_zpsmlik1pcx.jpg photo morando sozinha 13_zpsvomg1ely.jpg

“No dia em que eu saí de casa o meu pai me disse: ‘Filha, você tem dinheiro?’” Morar sozinha pode ser incrível. Mas para ter uma vida independente é preciso se planejar também. Em Morando Sozinha, a blogueira Fran Guarnieri ensina o passo a passo para ser feliz e não depender mais de ninguém, contando suas histórias engraçadas e inusitadas desde que decidiu sair de casa, aos dezoito anos. Saiba aqui como desde escolher o melhor lugar para morar até a como resolver problemas do cotidiano. Trocar o botijão de gás a cada século ou ir à padaria para comprar só um pãozinho pode ser divertido e inesquecível!
 photo morando sozinha 9_zpsxkafvzt0.jpg photo morando sozinha 17_zpsjqk0gmi9.jpg

É um livro completo, gostoso de ler e que tem todas as informações que você precisa pra se aventurar nesse mundo. Eu, que sonho em um dia ter a minha própria casa, fiquei ainda mais ansiosa pra esse dia chegar e confesso que me senti até mais segura pra lidar com isso, embora tenha repensado algumas coisas porque não fazia noção da quantidade de responsabilidades que realmente pesam e que serão só suas agora. Como a Fran mesmo diz em seu livro, a gente deve pensar os motivos pelos quais queremos sair de casa. Ela exemplifica com a história da menina que quer casar: ela quer pela festa, pelas daminhas e o vestido de noiva, não necessariamente quer ter uma nova família, assumir responsabilidades de dona de casa com marido e filhos.

 photo morando sozinha 10_zpslcesiqff.jpg

Morando Sozinha é o livro obrigatório de toda garota que sonha com sua própria casa, que está passando por isso ou que irá passar em breve. Sem falar que é a coisa mais linda e que depois de mudar sua vida, ainda enfeita sua prateleira. Parabéns, amiga. Que orgulho desse livro lindo!

15maio/15

VÍDEO |Os melhores! – Abril/2015

BeautyBiaCabelosMaquiagemOs Melhores!Vídeos

Todo mês eu faço uma eleição mentalmente de tudo o que eu mais gostei. Isso não é somente sobre maquiagem e cabelo, também faço com filme, música e até comida. Daí tive a ideia de reunir tudo num vídeo só e compartilhar com vocês os meus melhores.

As categorias são: make, cabelo, unha, corpo, música, descoberta, livro, filme, seriado e achadinho / compra. Ao todo são 10 itens fixos que eu vou fazer um vídeo ao final de cada mês. Aperta o play pra ver os melhores de abril!


Bem, é isso, pessoal! Espero que tenham gostado desse formato de vídeo! E vocês, quais foram os melhores de vocês no mês passado?

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

Tags:
06maio/15

Resenha de Livro | O mundo Amarelo – Albert Espinosa

BiaLivrosLyfestyle

Sabe quele livro que te chama a atenção, assim, de forma despretensiosa? Aí você vai, lê a sinopse e resolve levar pra casa. Eu tenho uma amiga (beijo, Jacque!) que é a pessoa mais positiva que eu conheço. Tudo com ela é só pensar positivo que tudo dará certo. Quando meu relacionamento chegou ao fim ano retrasado, fiquei mais propensa a gostar de livros com essa filosofia. Foi aí que encontrei O mundo Amarelo do Albert Espinosa.

 photo o mundo amarelo - albert espinosa 3_zps8hql4yjr.jpg

Sinopse

“Aos treze anos, Albert Espinosa foi diagnosticado com câncer, algo que mudou sua vida para sempre. Aos catorze, sua perna esquerda teve de ser amputada. Aos dezesseis, o pulmão esquerdo foi removido, e ele tinha dezoito quando parte de seu fígado foi retirado. Quando finalmente disseram que ele estava curado, depois de dez anos entrando e saindo de hospitais, Albert percebeu que havia aprendido uma lição com a doença: triste não é morrer, mas não saber viver. Albert Espinosa nunca quis escrever um livro sobre o câncer. Em vez disso, ele escreveu um livro sobre o mundo amarelo. […] Albert Espinosa venceu diversas batalhas contra a morte, e é por isso que suas histórias são tão cheias de vida. Ele é poderoso porque nunca desiste. E, como último recurso, ele negocia: trocou uma perna e um pulmão pela vida. Ele aprendeu a perder para ganhar. E sua maior esperança é que, depois de ter lido este livro, você saia em busca de seu mundo amarelo.”

 photo o mundo amarelo - albert espinosa 11_zpskzbe1fcr.jpg

Então, parece triste e pesado, mas não é. Até porque, o autor fala do câncer de forma muito natural e suave, como quem narra uma viagem para um lugar que nunca havia ido antes. Não dá pra se sentir mal por ele, o astral que ele tem realmente é passado pelas páginas. O livro todo é baseado em suas experiências com a doença e muitos episódios se passam dentro do hospital, entre um diagnóstico e outro. Mas olha, te garanto que, apesar da palavra câncer aparecer com frequência, o livro não é sobre ele ou alguma autoajuda sobre.

 photo o mundo amarelo - albert espinosa 14_zpspeqg0qrw.jpg

Pode-se dizer que o livro contém ensinamentos baseados em experiências difíceis e dolorosas, daqueles que fazem a vida ser mais leve. Você não precisa passar por algo do tipo para aprender a lidar com situações difíceis. Acho que foi o livro que fiz mais marcações até hoje! Gostei muito da maneira simples e direta do autor, me senti como alguém que ouve o que um amigo ~ ou amarelo ~ tem a dizer sobre o que pensa da vida.

Título: O Mundo Amarelo
Autor: Albert Espinosa
Editora: Verus Editora
Edição: 1
Ano: 2013
Idioma: Portugues
Especificações: Brochura | 160 páginas
ISBN: 978-85-7686-240-6
Dimensões: 210mm x 140mm

É daquele tipo de livro que vê algo de positivo em tudo na vida, até mesmo na morte. Ok, confesso que é preciso ter muito desprendimento para concordar com todos os tópicos e fazer disso sua filosofia de vida. Mas eu penso que se algo é pra deixar seus dias melhores, não há motivos para não tentar fazê-lo, não é mesmo? O livro é todo divido em partes e cada capítulo é um tópico. Com isso, a leitura flui que é uma beleza e não fica chata. Fiz várias marcações em frases ao longo do livro. Tem horas que parece que ele fala com você, sobre o que você precisa ouvir, entende?

 photo o mundo amarelo - albert espinosa 1_zpskt3odiqj.jpg

Depois que a leitura engatar, você vai passar o livro inteiro se perguntando que raios de amarelos são esses que ele tanto fala. Somente no final do livro você vai de fato saber. É um conceito novo, muito diferente até. Mas confesso pra vocês que já identifico alguns na minha vida. Eu nunca tinha lido nada do autor, apesar de já ter ouvido falar sobre ele ~ ele é também roteirista, diretor e ator. O que me encantou foi o fato de ele não ficar se lamentando e se mostrar extremamente próximo do leitor ~ acredita que ele disponibiliza o e-mail dele pra contato? Eu mandei um, aguardo resposta. SE tiver, eu faço um update nesse post, ok?

 photo o mundo amarelo - albert espinosa 6_zpszxm5rnsj.jpg

Se você gosta de livros de autoajuda, ou está passando por um momento difícil, acho que é um bom livro. Com ele você se depara com situações bem complicadas, mas com uma forma bem doce de lidar com elas. No final das contas, o que são de fato os “amarelos” é o que menos importa, mas sim a forma como você lida com o pior da vida. Comprei na Saraiva e custou R$19,90.

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

09abr/15

Resenha de Livro | Extraordinário – R.J. Palácio

BiaLivrosLyfestyleResenhas

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 1_zpsmkowj3ir.jpg

Esse é um daqueles livros que eu me sinto muito bem em falar sobre. É também daqueles que a gente quer recomendar pra todo mundo e quando fala dele dá suspiros de amor. Extraordinário da R. J. Palácio é simplesmente meu novo livro favorito depois de A Menina que Roubava Livros – que responsa, hein?

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 3_zpsibti5pbc.jpg

Ano passado comprei exatamente por causa da capa. Fiquei intrigada com essa carinha, essa capa azul e os dizeres da contracapa: Não julgue um livro menino pela capa cara. É claro que eu precisava levar! Eu já disse pra vocês que não julgo, mas sou influenciada por capas, não já? E como estou participando do desafio literário mais legal dos últimos tempos, aproveitei para lê-lo como um livo que se encaixa no desafio “um livro inteiramente baseado em sua capa”.

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 10_zps6t2ufzb8.jpg

Sinopse

“August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.”

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 4_zpsucweblzc.jpg

Apesar de ter uma temática de sofrimento, de algo tão difícil que ocorre a uma criança e sua família, o livro é extremamente leve e nada previsível. Inicialmente Extraordinário é contado pelo August, o protagonista e os capítulos não passam de 2 páginas. Depois eu vi que na verdade ele é separado por sessões, onde cada uma é referente a um personagem. E com isso terminei de ler em dois dias, sem cansar, devorando e saboreando cada página.

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 10_zps6t2ufzb8.jpg

Toda a história se passa durante um ano, aquele em que Auggie foi para a escola, então segue uma linha cronológica bem fácil e gostosa de acompanhar. Nesse meio tempo, a gente vê a mesma situação narrada pela visão de vários personagens, o que é simplesmente incrível e surpreendente. É um assunto delicado. O livro mostra o impacto de ter uma criança com uma mutação genética que altera o rosto de forma devastadora e o quanto é difícil lidar com isso, mas tudo de uma maneira clara e sincera.

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 7_zpsnyaoicod.jpg

O que é mais interessante é que, apesar de trazer pra nós a dificuldade disso tudo, não o faz de forma clichê e previsível. Fala mesmo que não é fácil, que ninguém tem a obrigação de aceitar logo de cara e que aos poucos vamos aprendendo a lidar com o que não é usual pra nós. A ideia de mostrar a visão de cada personagem envolvido é mágica porque você pode se identificar com o sentimento de cada um, entender exatamente o que se passa com eles naquele momento.

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 12_zps6ia2bmnq.jpg

August é um personagem muito realista em relação à sua condição e o livro não traz nenhuma fórmula mágica pra isso. Toda a aceitação foi feita às duras penas e, apesar de já lidar com isso há 10 anos, Auggie ainda se vê magoado com coisas simples. Até mesmo a infantilização dele é bem feita e chega a causar comoção ~ Auggie, eu queria ter você como amigo, queria ser sua Miranda! No meio disso tudo, vemos ainda a vida dos demais personagens envolvidos e como são afetados pela doença de August.

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 8_zpsahyepgop.jpg

É sim daquele tipo de livro que comove, que faz chorar, que te dá esperança de um mundo melhor e de querer assistir a Star Wars ~ ele é incrivelmente cheio de referências ao filme e confesso que as analogias e metáforas feitas são excelentes! Super bem arranjado, escrito de forma simples, mas de coração. Cara, como eu amei esse livro! Extraordinário fala de várias coisas implícitas como a vida por trás do estereótipo, a dificuldade de aceitar o que é diferente, a realidade de ter alguém na família que requer todas as atenções e o quanto isso não é bom quando você não é esse alguém. É um livro que deveria ser obrigatório nas escolas, na vida! Deveria vir na cesta básica. Tenho a sensação que por mais que eu fale dele, somente lendo vocês entenderão do que eu estou falando.

 photo EXTRAORDINAacuteRIO 11_zpsvpx53fxv.jpg

Deixem-se levar pela inocência consciente de August. Sejam mais gentis que o necessário. Encantem-se com essa história e passem pra quem vocês gostarem de verdade, vale muito à pena!

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

24mar/15

VÍDEO | Book Haul março/2015

BiaLivrosLyfestyleVídeos

Hoje tem o primeiro vídeo de Book Haul aqui aÊÊÊêêÊê! Vocês pediram vídeos de livros e indicações então aqui estou! Nele eu falo os últimos livros que eu comprei/ganhei e o que achei deles. Alguns eu já li, outros estou lendo e outros ainda nem comecei, mas explico também o que me motivou a comprar. Aperta o play, aí!


 

  1. Jardim Encantado – Sophie Leblanc | R$23,90
  2. Hora de Aventura – Marceline a as rainhas do grito | R$19,90 [resenha]
  3. O inconsciente: onde mora o desejo [Freud] – Daniel Omar Perez | R$39,90
  4. Cidades de Papel – John Green | R$19,90
  5. O preço de uma lição – Federico Devitto / Gutti Mendonça | R$29,90
  6. Percy Jackson e os Olimpianos: o ladrão de raios – Rick Riordan | R$19,90
  7. Dexter: a mão esquerda de Deus – Jeff Lindsay | R$44,90
  8. Dexter: querido e devotado Dexter – Jeff Lindsay | R$39,90
  9. Dexter: no escuro – Jeff Lindsey | R$39,90
  10. Listografia – Lisa Nola | R$ 34,90 [resenha]
  11. A Versão Definitiva de Harry Potter e a Filosofia: Hogwarts Para Os Trouxas – Bassham, GregoryIrwin, William | R$ 34,90
  12. Sincronicidade: a Dinâmica do Inconsciente – Vol. 8/3 – C.G. Jung | R$44,90

E aí? Já leram algum desses?

 Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

Tags:
09mar/15

Listografia – o livro mais legal pra quem gosta de fazer listas

BiaLivrosLyfestyle

Ah, como eu amo livros interativos! E como eu AMO fazer listas! Aí alguém muito esperto ~ Lisa Nola, a autora ~ teve a ideia de juntar esses dois prazeres numa coisa super legal, o Listografia – sua vida em listas! O mais legal dele, depois da ideia de fazer listas pra várias coisas da sua vida, é enumerar um monte de coisas que você nunca parou pra pensar a respeito.

 photo LISTOGRAFIA 3_zpskai0lafc.jpg

 A primeira coisa que eu gosto nele é a capa. Ela é texturizada, com uma espécie de quadriculado em alto-relevo, mas muito discreto. Tenho vontade de passar as unhas toda vez que pego! Também achei a arte da capa simples, mas de uma forma positiva.

 photo LISTOGRAFIA 5_zpsj5ke190y.jpg

As listas ficam apenas nas páginas da direita, enquanto que na esquerda tem uma ilustração referente à lista. Elas são muito legais e até engraçadas. Apesar da ideia ser de “fazer uma lista”, as linhas não são enumeradas, então você pode colocar a quantidade que quiser ou, arbitrariamente, fazer um parágrafo.

LISTOGRAFIA (6)

O livro também tem uma parte só com os seus “primeiros” e outra com os “últimos”. Alguns são fixos, como “primeiro beijo, primeira religião, primeiro vício”, assim como os “últimos”, mas ele deixa também um espaço em branco pra você completar sozinho e descrever. Também adorei saber que todos os que fizeram o livro de fato sair aparecem no final com especificações em listas!

 photo LISTOGRAFIA 7_zps90scfqve.jpg

Título: Listografia
Autor: Lisa Nola, Nathaniel Russell
Tradução: Rogerio Durst
Editora: Intrínseca
Edição: 1
Ano: 2014
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 160 páginas
ISBN: 978-85-8057-606-1
Peso: 400g
Dimensões: 230mm x 170mm

 photo LISTOGRAFIA 8_zpstyitrj9t.jpg

No final ele tem páginas apenas listadas pra você fazer lista do que quiser. Como não amar Listografia, gente? Tô pensando seriamente em fazer a lápis, pra que ele não acabe nunca e eu possa sempre refazer se quiser. Eu ganhei de presente, mas já vi disponível na Saraiva do Shopping Independência e em diversas livrarias online.

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

Tags:
06mar/15

Onde comprar livros usados na internet e em Juiz de Fora

BiaDicasLivrosLyfestyle

Eu confesso que adoro cheiro de livro novo, saindo do plástico, páginas ainda certinhas e sem marca de mãos. Mas preciso dizer pra vocês que um bom livro antigo tem seu charme. Tem histórias, tem cheiro de experiência e pra mim, entrar em um sebo é mágico, tanto quanto entrar na Saraiva, por exemplo. Me sinto dentro de uma enorme biblioteca, a qual eu posso levar o que quiser pra casa!

 photo conde comprar livros usados 59_zpsddqsek3j.jpg

Comprar em lojas desse tipo tem muitas vantagens! Você pode encontrar livros muitas vezes raros ou descontinuados e ainda o melhor, por serem de segunda mão, estão com um preço menor do que se fossem novos. Quem não quer? Se engana quem pensa que só tem livro velho, mal acabado ou escolar. Tem muitos exemplares que são perfeitinhos! O mais legal é que com pouco dinheiro, você volta cheia de exemplares pra casa ~ comprei um O Primo Basílio, um Pinóquio e um O Médico e o Monstro por R$20,00 tudo!

 photo conde comprar livros usados 20_zpszkvrlyqh.jpgconde comprar livros usados (75) photo conde comprar livros usados 72_zpsszwabqyi.jpg

Eu sou uma apaixonada por livros e sinceramente não me importo em tê-los usados. Sou chata com os meus, mas não ligo de comprar algo que já foi muito usado por outro alguém. Sempre visito os sebos daqui da minha cidade e queria indicar pra vocês, então pesquisei na internet onde encontrar lojas desse tipo, com entrega pra todo Brasil. Achei algumas que fiquei realmente tentada a comprar!

 photo conde comprar livros usados 4_zpsuupjvhha.jpg

Estante Virtual

Acredito que esse seja um dos maiores da internet. Além de ter um acervo imenso, ele tem uma função super legal é que te mostrar quanto aquele livro custa nas livrarias e por quanto você pode comprar lá. Ele também trabalha com a opção de livros novos, então você pode ainda filtrar as opções pra escolher certinho o que é melhor pra você. Dá pra se cadastrar e receber as novidades por e-mail!

 Sebo do Messias

Esse sim é o maior ~ pelo menos que eu conheço. Além dos livros, ele tem também CD’s, Revistas e até LP’s, como um sebo físico.Os livros podem ser encontrados por categorias e uma das funções legais é que você pode acompanhar seu pedido, como um livraria normal. Legal, né? Também dá pra ver os detalhes da obra, conservação da capa e do livro como um todo. Como não amar?

conde comprar livros usados (69) photo conde comprar livros usados 51_zps2mxjkrvz.jpg

Livronauta 

Esse sebo funciona um pouquinho diferente, mas é igualmente legal. Além de você ter as opções online, quando pesquisa um livro, ele te mostra opções em lojas físicas pelo Brasil, então você pode escolher algo perto da sua casa. Assim fica mais fácil comparar preço e ver onde realmente compensa. Ele também trabalha com CD’s eDVD’s.

Sebos Online

Esse é muito legal porque você também pode vender seu acervo lá! Tem uma área exclusiva onde você pode disponibilizar seus livros pro site ou diretamente para algum leitor interessado. O site faz a mediação. Lá você também encontra livros por todo o país, tanto de sebos quanto de pessoas que querem se desfazer.

conde comprar livros usados (41) photo conde comprar livros usados 11_zpsrlyufcm1.jpg

Você também pode pesquisar os título no Mercado Livre e de repente encontrar com alguém que já não o queira mais. Mas é preciso verificar a procedência do vendedor pra não ficar no prejuízo! Aqui em Juiz de Fora, existe uma galeria muito famosa por conter livrarias desse gênero. É conhecida como “Galeria da Banca do Vasco“, justamente por conta de uma banca que começou vendendo livros usados. Todas essas fotos foram feitas por lá.

conde comprar livros usados (40)

Fotos: Mariana Noronha

Ela fica na Avenida Rio Branco, entre as ruas Mister Moore e Deodoro Marechal Hermes ~ mais conhecida só como “Marechal”, mesmo! São cerca de 5 sebos por toda a galeria com preços super amigáveis. O legal é que eles também fazem trocas. Eu amo ir lá, nunca saio sem um livro!

Na Avenida Independência, quase em frente ao colégio Stella Matutina tem um incrível! Além dos livros, vende peças raras e antigas, como lindas xícaras, relógios e camafeus. Fico perdida lá, olhando por horas quantidade de coisa linda que tem. Espero que tenham gostado!

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

Tags:
23fev/15

LIVROS | Vaclav & Lena

BiaLivrosLyfestyle

Posso ou devo assumir que comprei esse livro apenas pela capa? Tá, depois que eu li a sinopse me apaixonei, mas inicialmente foi essa capa linda que me conquistou. Parece complicado, mas está escrito Vaclav & Lena, nome dos protagonistas dessa história super bonitinha!

 photo vaclavamplena6_zps7ca28460.jpg

Bem, sem spoilers, baseado apenas na descrição dada pela própria capa do livro, o que eu posso dizer pra vocês é que essa é uma história que basicamente conta sobre a vida de Lena, com participações especiais de Vaclav e adjacências. É dividida em três tempos, Vaclav e Lena, Vaclav apenas, Lena apenas. Os capítulos geralmente são bem curtinhos e explicados entre eles. A trama da história gira em torno de:

Vaclav e Lena parecem destinados um ao outro. Eles se encontram pela primeira vez aos 6 anos, numa aula de inglês para imigrantes em Brighton Beach, no Brooklyn. Vaclav é precoce e falante. Lena, com dificuldade no idioma, refugia-se na segurança de sua adoração por ela. Ele imagina a história dos dois se desenrolando como em um conto de fadas. No entanto, uma das muitas verdades a serem descobertas nessa extraordinária obra de estreia de Haley Tanner é que “felizes para sempre” nunca é um desfecho garantido. Um dia, Lena não vai à escola. Desaparece da vida de Vaclav e da família dele como num cruel truque de mágica. Durante os sete anos seguintes, Vaclav deseja boa-noite a Lena todos os dias, perguntando-se se ela faz o mesmo onde quer que esteja. No dia do aniversário de 17 anos de Lena, ele finalmente descobre o que aconteceu. 

 photo vaclavamplena17_zps1260e27f.jpg  photo vaclavamplena3_zps02245e47.jpg

Basicamente a sinopse é a trama do livro. Isso tudo ocorre praticamente antes da primeira metade do livro e o restante fica por conta de cada um separado e o que se desenrola disso. Apensar da capa linda e de tudo mais de envolvente, não achei que o mistério do sumiço de Lena tenha me causado curiosidade e achei que a narrativa fica bem morna e repetitiva depois que ela vai embora. É como se a história se arrastasse por páginas e, de repente, o livro precisava ser acabado e ficou tudo muito corrido, deixando o ápice para algumas páginas somente e aí acaba.

 photo vaclavamplena4_zpsf0777b2d.jpg

Os personagens são bem caracterizados, mas por algum motivo, ao final do livro senti uma mudança brusca de atitude e continuei com a sensação de que havia perdido algo nesse meio tempo. O tal motivo do sumiço é de fato inesperado, mas o que se decorre depois disso é meio clichê e o final acaba se tornando previsível. Sério, acho que ela encheu de escrever o livro e simplesmente disse “pronto, acabou!”.

 photo vaclavamplena13_zps8463e15f.jpg

Título: Vaclav & Lena
Autor: Haley Tanner
Editora: Intrínseca
Edição: 1
Ano: 2012
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 272 páginas

 photo vaclavamplena11_zpsc4bf7d91.jpg

A narrativa é fluida, mas ao mesmo tempo em que é rica em alguns detalhes, outros são bem superficiais. Gosto da maneira com que a autora explica algumas coisas, ficam tão claras que é impossível não assentir com a cabeça durante a leitura. Separei algumas citações pra vocês, olha só:

“O sorriso da maioria das pessoas é uma mentira, um artifício ou uma promessa.” p. 120

“Decide que as marcas são as chaves para viver como uma pessoa completa, não como uma pessoa desconjuntada e enigmática feita de muitas pessoas tentando se disfarçar como apenas uma.” p.153

“(ela) […] não responde […] é um telefone tocando fora da base […]” p. 233

 photo vaclavamplena1_zpsd2159ba1.jpg

Em suma é um bom livro. Trata de assuntos importantes, faz a gente reviver algumas coisas de criança. Fala também da dificuldade que muitas pessoas passaram ao sair da Rússia para tentar a vida nos Estados Unidos e a dificuldade de adaptação. Mas acho que ele é mais bonito do que bom, entendem? Mais alguém já leu? O que achou?

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter

1 2