Resenha Spray Dumb Blonde Bed Head TIGI – toning protection spray

Cupom de desconto Glambox

De 2018 para 2019

Avaliando produtos de make de R$10,00

Ficando bem com meu corpo

Ugly Sneakers – o que é e como usar

Caneta SOS Cutículas Perfeitas Granado Pink

Livro Por Todas Nós da Ellora Haonne

CC Cream Siàge Reconstrói os Fios EUDORA

Posts arquivados em: Tag: crise dos 30

08fev/16

O tal dos trinta

BiaGood VibesTextos

 photo meubday03_zpsoykrekjr.jpg

Chegou. O dia amanheceu normalmente, sem nenhum tom diferente ou dor em algum lugar inesperado. Acordei como todos os outros dias, exceto pela ligeira excitação do “dia do aniversário”. É engraçado como a gente usa o tempo pra delimitar nossas conquistas. Quando eu era criança, tinha tudo resolvido na minha cabeça, todas as áreas da minha vida estariam resolvidas aos 30. Era algo mais ou menos assim: aos 20 eu me caso, aos 25 tenho filho e aos trinta estou estabelecida com minha família. Acho que quando a gente é pequeno, isso é tudo o que devemos almejar ~ crescer, formar família e repetir o ciclo.

E quando eu traçava minha vida e determinava resoluções compatíveis com a década correspondente, não pensava em viver de verdade, só queria ter a certeza de que eu faria o correto, o esperado. Nesse meio tempo, não coloquei nos meus planos me formar ~ até porque, eu sabia que estaria trabalhando, mas só sabia, não fazia ideia de como ou em quê ~ nem tampouco as perdas pelo caminho, os recomeços necessários e um punhado de arrependimento que faz parte do processo. A verdade é que eu não fazia a mínima ideia do que era chegar lá.

 photo meubday01_zpsivuok7ny.jpg

De repente me vi com trinta. E posso dizer? 30 é o novo vinte. Hoje, quando olho pra trás, vejo que vivi ~ de verdade ~ um monte de coisas bacanas que nem mesmo a mais criativa das crianças sonharia em viver lá nos seus 10, 11 anos. Ao mesmo tempo, sinto que ainda falta muita coisa e que eu estou bem no começo do caminho. Tenho uma lista imensa de sonhos e vontades que não podem se perder porque fiz trinta.

Talvez eu não tenha seguido o “meu” padrão de anos atrás ou o que meus pais seguiram, mas fiz história na minha história e coisas que meus pais não fizeram. Não tem certo ou errado, cada um seguiu o que foi possível, de acordo com seu tempo. Não é porque não tenho minha vida resolvida aos trinta que sou um fracasso. Aliás, o que é ter a vida resolvida mesmo?

 photo meubday02_zpshtmtoxqz.jpg

A vida da gente não é linear. Posso lhe dizer que a pessoa que eu sou hoje foi formada por vários momentos de riso frouxo e choro descontrolado na mesma medida. As pessoas diferem, portanto não preciso mais me comparar com os outros da minha faixa etária. Já faz um tempo que venho cada vez mais querendo coisas que vão além do que é esperado por todos como “correto”, são coisas que me completam muito mais do que seguir um protocolo determinado ~por quem mesmo?

Eu ainda tenho muito tempo, tenho todo tempo do mundo! Isso não quer dizer que eu não tenha pressa, que não quero tudo o que eu posso ter o quanto antes, mas significa que sou muito feliz e grata por tudo o que tenho e, sabendo onde quero chegar, todo esse processo é divertido e é sim a vida. Cheguei aos trinta de consciência tranquila, orgulhosa de tudo o que passei e tendo cada vez mais a certeza de que nunca é tarde pra (re)começar.

 photo meubday04_zpsxqsirl9h.jpg

Seja bem-vindo, Trintão! Me traga sorrisos, experiências, gente de verdade e que seja a década mais proveitosa da minha vida. Quero também de você a maturidade que ainda falta, as realizações que não foram possíveis aos vinte e toda vida que você puder me dar. Vem, porque desejo mesmo que sejamos amigos, que deixemos nas páginas dos álbuns toda história que construímos juntos. Já gosto de você desde a época em que te imaginava sendo real e posso te garantir: eu não voltaria um dia…