Top 5 Livros de 2018

Resenha Gloss Lip Volume Hialurônico Blant

Espuma de Limpeza Facial Cicatricure

1 peça 5 looks: Chemise

Esponja de silicone para limpar a pele

Minhas novas tatuagens

Resenha Spray Dumb Blonde Bed Head TIGI – toning protection spray

Cupom de desconto Glambox

De 2018 para 2019

Categoria: Indicações

12fev/16

Como mudar a aparência do Android

BiaDicasIndicaçõesSmartphone

Se você tem um celular que não é IOS ou já se perguntou como fazer pra mudar a aparência do Android, deixá-lo mais bonitinho, esse post pode ser a sua salvação! Eu, desde que comecei a usar, sempre senti falta de ter ícones mais modernos, de uma interface mais personalizada. O bom do Android é que ele te permite customizar muitas das coisas e de uma forma bem simples, com um aplicativo, por exemplo.

Com isso, descobri um aplicativo super simples, leve e altamente intuitivo que vai deixar seu celular totalmente de cara nova e cheio de opções legais pra você mudar a aparência do Android, sem se preocupar em deixar seu telefone lento ou com erros.

 photo COMO_MUDAR_APARENCIA_ANDROID_01_zpsyseac7ei.jpg

É o aplicativo chamado Hola Launcher! Com ele, você customiza não só o papel de parede, mas troca todos os ícones, instala plugins que deixam seu celular mais a sua cara e ainda troca a fonte do aparelho por outras mais bonitinhas e diferenciadas! O bacana é que ele consome muito menos memória do que o inicializador comum que já vem no aparelho e ainda tem opções de liberar espaço em RAM com apenas um toque. Não é incrível?

 photo COMO_MUDAR_APARENCIA_ANDROID_03_zpsg0jy9m8o.jpg

Pra você poder instalar no seu telefone e mudar a aparência do Android, você só precisa ter um sistema 2.3.3 ou superior. Agora é só fazer o download na Play Store e se divertir deixando seu celular cheio de coisinhas novas e legais!

Ele é dividido por áreas e fica bem fácil mexer e entender como funciona. Tudo o que ele faz, primeiro pede que você confirme, então não precisa ter medo de trocar sem querer. Se não gostar, pode desfazer, voltar pro antigo ou ainda desinstalar. Aí, ele volta pra opção de inicializador original!

 photo COMO_MUDAR_APARENCIA_ANDROID_02_zpsv4e3dh5o.jpg

Pra você entender melhor como funciona e como fica, tem um vídeo abaixo que fala tudo o que você precisa saber pra mudar a aparência do seu Android!

COMENTE!

Tags:
20mar/15

5 filmes pra você assistir no final de semana

BiaDicasIndicaçõesLyfestyle

Final de semana combina com o quê? Filme, é claro! Eu sempre associei domingão com um bom filme e um balde de pipoca. Fico de olho no que saiu do cinema e eu perdi pra tentar me atualizar, mas tem alguns que eu considero “clássicos”, sempre indico pra alguém e faço a maior campanha. Então não poderia deixar de indicar pra vocês 5 filmes pra lá de bacanas pra assistirem no final de semana ~vulgo amanhã.

O Fabuloso destino de Amelie Poulain

Ah… como eu amo esse filme! Pra ser bem sincera, me identifico tanto com Amélie que me reconheço em vários momentos. Ela tem uma mania de “pequenos prazeres” e os faz pra ser feliz. Compartilho alguns, como comer Fandangos colocando cada biscoito em um dedo e pegá-los um a um. Fora o jeitinho apaixonante de Amélie ~ a princesa Audrey Tautou ~ o filme é bem leve, despretensioso, divertido e inesperado. Uma excelente opção para todas as idades!

Wall-E

Esse é daquele tipo de filme que parece pra criança, mas na verdade é para adultos. É uma animação feita pela Pixar, então a gente já sabe que o nível de qualidade é alto. Com ele você se emociona, ri, quer levar o Wall-E pra casa e ainda reflete sobre o nosso comportamento com o planeta. O mais interessante é que ele não precisa de muito pra ser incrível desse jeito. 1/3 do filme é praticamente mudo e te garanto que as falas não fazem diferença. Acredite, esse filme é a coisa mais linda!

Seven – sete pecados capitais

Esse é antigo e é dos bons. Aquele tipo de filme que nunca fica velho ~ até porque o ator principal é o Brad Delícia Pitt. Fala sobre essa trama super envolvente de assassinato em série, com uma temática surpreendente, fazendo referência aos sete pecados capitais. É simplesmente de tirar o fôlego e fazer você ficar com os olhos colados na tela, querendo mais. Apesar de ser suspense, não é de dar sustos ou aparecer coisas de outro mundo. Então, se você tem medo, não se preocupe. Pode assistir que você não vai se arrepender!

 A Vila

Esse filme é realmente muito bom! Sério. Vocês precisam abrir o coração pra entender a grande beleza desse filme. Inicialmente é uma coisa, mas conforme a história se desenrola você percebe a quantidade de coisas envolvidas que deixam a trama ainda mais misteriosa. Eu me surpreendi muito com o filme e os atores são brilhantes. É muito amor, gente! Tem uma cena super famosa da varanda ~ não vou falar mais pra não spoilar ~ que é a coisa mais linda #EuChorei #QueroQueAlguémMeAmeAssim. Assiste e me conta depois!

Moulin Rouge – amor em vermelho

Aaaaaah… o filme mais lindo de todos da vida! Cara, eu já perdi as contas de quantas vezes eu já vi esse filme, sério! E pra rir, pra chorar, pra decorar as músicas e se apaixonar por Ewan McGregor como Christian. Eu tenho a trilha sonora do filme e já cogitei a possibilidade de me casar com “Come what May”. É um musical, mas faz mashups de várias músicas clássicas com um humor contagiante. Mas prepare o lencinho, ok? Não consegui um trailer em português, mas acho que dá pra pegar a vibe do filme.

E aí? Já viram algum desses? Quais vocês me recomendam pro meu final de semana?

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter ❤ Pinterest ❤ Snapchat

01mar/15

SÉRIE | How to get away with murder

BiaIndicaçõesLyfestyleSem categoriaSeriados

Gente, pára tudo! Vocês já conhecem essa série? Se a sua resposta foi negativa, tá na hora de você mudar sua vida! Essa é mais uma daquelas séries incríveis que te deixam de boca aberta, vendo um episódio atrás do outro, sem nem descanso. Isso é How to get away with murder, meus caros!

 photo 19681_zps0tpyuraz.jpg

Essa série precisa de bastante atenção. É cheia de reviravoltas e detalhes que fazem toda a diferença. Outra coisa que é incrível nela é que nada é o que parece ser, nunca! O primeiro motivo para você querer assisti-la é porque também é produzida pela querida e inteligente Shonda Rimes (alô galerinha fã de Scandal e  Grey’s Anatomy!). O segundo é porque é realmente muito bem feita e sem falhas.

 photo get-away-murder-1024_zpswdpmefiq.jpg

“A série conta a história de um grupo de ambiciosos estudantes de Direito e sua brilhante e misteriosa professora de defesa criminal, que acabam se envolvendo em uma trama de assassinato que promete mudar o curso de suas vidas.” Aperta o play e confere só o trailer da série:

Não é demais?

 photo how-to-get-away-with-murder_zpsq3pxqjkh.jpg

Em cada episódio uma história nova acontece, mas existe uma trama muito maior por trás que vai se desenrolando ~ e ficando ainda mais complexa ~ ao longo dos episódios e revelando alguns mistérios BIZARROS. Os atores são realmente muito bons o método de ensino da personagem principal, Professora Annalise Keating, faz qualquer um querer entrar para a faculdade de direito e defender aqueles criminosos!

 photo htgawm-flash-forwards_zpsegkujeny.jpg

Por enquanto a série está parada e tem só uma temporada, mas é AQUELA temporada, de tirar o fôlego e ficar doida pra estrear logo a segunda. Aproveita que tem poucos episódios e já fica em dia com ela, porque eu garanto que é um suspense e tanto! Dá uma olhada no trailer e me diz se não rolou aquela vontade de assistir?

E aí? Mais alguém aqui já assiste?

Pra ler mais posts sobre séries, é só digitar seriado na barra de busca [pesquisar] e ler todos os artigos sobre isso! =]

Instagram ❤ Facebook ❤ Youtube ❤ Twitter

Tags:
15fev/14

Dica de série: Orange is the new black

BiaIndicaçõesSeriados

Eu nem preciso mais dizer o quanto eu sou viciada em seriado, né?! Então hoje eu vou trazer a dica de mais um querido: Orange is the new black. O seriado gira em torno de Piper Chapman que foi presa por possuir uma mala cheia de dinheiro de drogas que pertencia a Alex Vause, uma traficante internacional de drogas que foi por um tempo amante de Piper. Condenada a cumprir uma pena de quinze meses, Chapman troca sua vida confortável para ter que sobreviver às dificuldades da vida na prisão.

Antes que você pense que é um drama só, no melhor estilo Oz, eu preciso dizer que parecido mesmo só a penitenciária, porque de resto é completamente diferente. Ah! Também preciso avisar que tem uma pegação #lesbianchicsapacaixadoagreste, mas já dava pra imaginar, né? Prisão + um monte de mulher da pesada junta + seriado…

tumblr_mqs2ulMu2n1rvkvumo1_1280

Os personagens ]são muito bem construídos e bem característicos. São daqueles que você espera a cena ansiosamente pra ver, sabe como? Ao longo dos episódios a história de cada uma vai se revelando e mostrando o porquê delas estarem ali. Apesar de toda comédia, rola um ‘drama da vida real’ e a gente até sente pena, se identificando de alguma forma. A série é exclusiva Netflix e por enquanto só tem uma temporada.

Algumas curiosidades que vão fazer você querer assistir OITNB:

Laverne Cox que interpreta Sophia Burset, uma transexual na série também é transex na vida real. A atriz tem um irmão gêmeo, o músico M. Lamar que faz Sohpia no início do seriado, antes dela se tornar mulher.

Alex Vause é interpretada pela Laura Prepon que era a atriz principal de Are you there, Chelsea?. Inicialmente ela foi escalada para o papel de Piper Chapmann, mas acabou ficando beem melhor como Alex. Então, se você curtia a atriz e sua voz rouca, vai adorar esse sapatão inteligente.

Taryn Manning foi a maior surpresa eva! No seriado ela interpreta Pennsatucky Dogget, uma viciada em anfetamina que acredita ser escolhida por Deus. Ela é tão baixinha, tão suja e com a voz muito, mas muito estranha que nem dá pra acreditar que ela é essa mulher linda e que na vida real é cantora! Ela fez 8 mile  e é meu personagem favorito na série!

Crazy Eyes é uma das personagens mais hilárias da série. Na vida real, Uzo Aduba é uma estrela da Brodway.

abertura

A abertura  mega longa e que às vezes irrita  mostra prisioneiras de verdade e a música foi feita por Regina Spektor especialmente pra série. Ah! Por falar nisso, a série é baseada em um livro de mesmo nome e que conta uma história real! Não só Piper existe como também as demais detentas.

Vai dizer que não ficou com vontade de assistir? Depois me conta o que achou!

29jan/14

Resenha de Livro: A arte de correr na chuva

BiaIndicaçõesLivrosResenhasVídeos

Lembram que eu havia indicado esse livro pra ler nas férias?  Pois então, hoje vim falar sobre ele. É um livro lindo, apaixonante e que faz a gente sair apertando todo e qualquer animal por perto com medo de perdê-los. Pra me ajudar, tem a participação especial da Sofia!

Esse romance de um escritor americano apaixonado por Fórmula 1 tem como personagem principal Enzo, um cãozinho Terrier com uma alma muito “humana”. Foi criado assistindo National Geographic e aprendeu muito com isso. A narrativa é toda em primeira pessoa, contada pelo próprio Enzo. Pode parecer estranho, mas é envolvente demais! Inclusive leva você a pensar se seu cão não pensa o mesmo. #queroumenzo

Ao mesmo tempo em que Enzo se vê fazendo uma retrospectiva de sua vida neste momento em que está bem doente, os personagens secundários continuam suas vidas com seus dilemas e conflitos, interagindo com ele e tornando a história cativante e impossível de não chorar muito.  A história é muito bem construída e vai além da narrativa “cão-amigo-fiel-Marley-e-eu”. Aliás, não tem nada a ver com Marley e eu!

Apesar de ser um cão com uma inteligência e percepção acima da média, tornando-o quase humano, existe alguns episódios no livro onde Enzo adota um comportamento tipicamente canino que é hilário! Os pensamentos que provavelmente um cachorro tem relacionados a um determinado objeto/situação são de tirar boas risadas e concordar plenamente, acreditando que é isso o que se passa pela cabeça deles.

O livro é uma homenagem ao nosso querido e saudoso Ayrton Senna e isso também torna a leitura mais especial. Fiquei muito curiosa quando acabei de ler e pesquisei sobre a vida do piloto e até assisti alguns vídeos, sentindo uma ligeira dor de não tê-lo acompanhado na época. Tenho a certeza de que você vai se emocionar, chorar, repensar a maneira com que você prioriza as coisas em sua vida e ainda olhar os animais com outros olhos. É uma leitura gostosa e que deixa saudade.

Título: A Arte de Correr na Chuva
Subtítulo: Meu Nome É Enzo. E Esta É a Minha História
Autor: Garth Stein
Editora: Ediouro
Edição: 1
Ano: 2008
Especificações: Brochura | 304 páginas
Peso: 420g
Dimensões: 230mm x 155mm

No vídeo abaixo eu conto mais um pouquinho sobre a história, curiosidades e o que eu achei ~ também com a participação de Sofia que estava particularmente mal-humorada. PRa se inscrever no canal, é só clicar aqui!

Tags:
23jan/14

Orangotag: o site de quem gosta de seriados

BiaDicasIndicaçõesSeriados

Como vocês já sabem, eu assisto a dezenas de séries ao mesmo tempo. Sabe como eu não me perce nem fico louca? Eu uso dois recursos mara, um aplicativo ~ em breve falo dele pra vocês~ e o Orangotag! Um site brasileiro só pros viciados de plantão #meidentifico e funciona também como uma espécie de rede social pra você trocar ideia com quem assiste as mesmas séries que você!

No Orangotag você pode listar as séries que assiste através de uma busca rápida e depois adicioná-las. Pra cada série você pode dar a sua nota e colocar hashtags ~ eu adoro ler! Em Awake, onde o personagem principal é o Jason Isaacs, o povo colocou #luciusmalfoysemperuca hahaha. Você pode conversar com as outras pessoas que também assistem e a cada série e episódio você pode comentar o que achou.

Existe por lá a “Polícia do Spoiler”, então se algum engraçadinho falar mais do que deveria, é só chamar a polícia! O bacana mesmo é que você pode assinar o feed sobre suas séries e de novos episódios, sendo avisado sempre que houver alguma novidade. Cada seriado tem a opção de marcar como visto os episódios, te ajudando a não se perder em qual foi o último que você parou. E, caso você esteja atrasado, ainda recebe recadinhos bonitinhos pra te avisar!

Em Glee, por exemplo, a cada episódio tem a lista das músicas e cantores originais. Eu achei muito bacana! Adoro ler as teorias do pessoal e os comentários sobre os episódios. Pra fazer parte, é só se cadastrar. Meu perfil lá é biajiacomine, se quiserem me adicionar e trocarmos ideias! Vocês já conheciam o site?

Tags:
16jan/14

Feedly: o app pra quem gosta de ler blogs

App da SemanaBiaDicasIndicações

Quando eu falei do meu tablet, disse que falaria de alguns aplicativos que eu não vivo sem. Um deles é o Feedly. Com ele você pode adicionar todo o conteúdo que você gosta e acessá-los diretamente pelo aplicativo!

feedly

Imagem: Google

Lembram do leitor de RSS do Google, o Reader? Pois então, ele funciona no mesmo esquema. Todo site/blog que tiver RSS ou Feed, você pode adicionar. Pra mim, ele é mais do que um aplicativo de leitura, ele facilita a vida! Ele atualiza automaticamente as novas entradas e elas ficam disponíveis pra você ler ou ainda “salvar pra mais tarde”.

IMG_4900

Ele é muito simples de mexer. No lado direito você faz a busca pelos blogs que costuma ler e em seguida os adiciona. No lado esquerdo ficam as categorias que podem ser criadas por você, tipo: Blog, Entretenimento, Humor, Notícia… Mas você não precisa ler somente a última atualização disponível, você pode ler tudo em “all” ou ainda clicar em cima do blog que quer que ele te mostra todos os artigos.

IMG_4907

É bacana porque você não perde nenhuma atualização e nem se esquece de entrar em algum blog. Uma ferramenta muito boa dele é que você pode fazer login com e-mail ou facebook, aí em cada dispositivo que você instalar e logar, ele automaticamente preenche sua lista e atualiza nos demais. É grátis e está disponível para IOS e Android.

OBS: O blog tem Feed, é só digitar “Eu não sou Amélia” que aparece! ;*

Tags:
15jan/14

(Quase) 5 livros pra ler nas férias

BiaIndicaçõesLivrosLyfestyle

Livros combinam com férias, mas concordo que precisam ser os curtinhos, pra acabar logo e a gente se apaixonar por novas histórias e personagens. Pensando nisso, fiz uma lista com ~quase~ 5 livros pra ler nas férias. Desses eu só li 2 e posso recomendar de olhos fechados, os outros é uma indicação pra mim também ~to cheia de livros novos, preciso devorá-los!

  1. A Menina que Roubava Livros: Ah… o melhor livro do mundo! Sou apaixonada por ele e tenho certeza de que você também vai se encantar. Aproveita porque o filme está pra sair em breve, dá tempo de ler! “A menina que roubava livros tem como narradora a Morte. Durante a sua passagem pela Alemanha, na Segunda Guerra Mundial, ela encontra a protagonista, Liesel Meminger, numa estação de comboio enquanto o seu irmão mais novo é enterrado próximo ao local. A menina, ao perceber que o coveiro presente deixou um livro, O manual do coveiro, cair na neve, rouba-o e é levada, então, até a cidade fictícia Molching, onde a sua mãe pretende entregá-la a uma família para que a adotem. Na Rua Himmel, reside o casal de classe trabalhista formado por Hans e Rosa Hubermann. Lá, ela convive com os novos responsáveis e vai à escola, assim como faz amizade com o vizinho Rudy Steiner. Como ajudante de sua mãe, começa uma amizade com a mulher do prefeito Ilsa Hermann.” 
  2. A Arte de Correr na Chuva: Esse já está também na minha lista de resenhas. Um livro lindo, envolvente e de chorar litros. A história é contada por um cachorro que mais parece gente. Mas não subestime! Ah! O livro é gringo, mas faz referência ao Ayrton Senna! “A história de uma família contada sob a visão do dócil e sábio Enzo, um cachorro com alma humana. Enzo foi criado assistindo a programas no canal “National Geographic” e aprendeu que todo cachorro que morre, se estiver preparado, reencarna como ser humano. Em um flashback de sua vida, Enzo relembra momentos de ternura, amor, injustiça e traição que presenciou na vida de seu dono Denny. Ele aprendeu a administrar a vida como numa corrida de carros, onde nem sempre a velocidade é a melhor estratégia. E agora tudo o que deseja é colocar este aprendizado em prática!”
  3. Belo Desastre: Esse eu estou lendo e posso dizer que estou adorando! A leitura é fluida e rapidinho as páginas passam. Esse livro é narrado pela Abby. Eu disse que eram quase 5 livros porque Desastre Iminente é o mesmo enredo, só que contado na versão do tudo de bom Travis. Então se você gostar de um, sabe que ele existe novamente, na visão de outro personagem. Não é o máximo? “Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão. E acredita que seu passado sombrio está bem distante, porém, quando, para cursar a faculdade, se muda para uma nova cidade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy do local: Travis Maddox. Um jovem com um corpo esculpido, abdômen definido e braços tatuados. Tudo que Abby precisa – e deseja – evitar. Mas o menino é um conquistador e logo se depara com a resistência de Abby ao seu charme, Intrigado, Travis a atrai com um jogo. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, nem passa pela cabeça do garoto que ele acaba de se deparar com uma adversária à altura.”
  4. Desastre Iminente: “Toda história tem dois lados. Em Belo desastre, Abby disse o que pensava. Agora chegou a hora de conhecer os fatos pelos olhos de Travis. Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida: ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy… Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis “Cachorro Louco” Maddox vai ser derrotado por uma garota?”
  5. Extraordinário: Ouvi falar super bem desse livro e me encantei pela capa. “August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade… até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.” 
  6. O lado bom da vida: Esse eu comprei porque ouvi falar bem do filme. E depois de ler ‘Perdão, Leonard Peacock’ do mesmo autor, achei que gostaria desse também. “Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um “tempo separados”.  Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com o pai se recusando a falar com ele, a esposa negando-se a aceitar revê-lo e os amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida.”

E vocês? Já conheciam? Tem algo a me dizer sobre eles? Me indicam algum?

09dez/13

Resenha de Livro: Perdão, Leonard Peacock.

BiaIndicaçõesLivrosResenhasVídeos

Há tempos espero para fazer a resenha deste livro pra vocês. É um livro simples, bem direto e de leitura fácil, mas impossível de não se pegar refletindo sobre a sua vida quando acabar de ler!

De acordo com a sinopse do livro:

“Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto”

Apesar da sinopse trazer uma temática bem pesada, o livro não é nem de longe depressivo ou faz apologia ao suicídio ou coisa parecida. Muito pelo contrário! Ao longo da história, você quer ser amiga do Leonard e até entende que pra ele, a única saída é mesmo acabar com a própria vida. Em uma linguagem bem clara e direta, você chega do primeiro ao último capítulo sem se cansar e sem perder a linha de raciocínio do acontecimento dos fatos.

Título: Perdão, Leonard Peacock
Autor: Matthew Quick
Editora: Intrínseca
Edição: 1
Ano: 2013
Especificações: Brochura | 224 páginas
Peso: 370g
Dimensões: 23mm x 16mm

Participação especial de Ted que também adorou o livro!

Com o narrar da trajetória Leonard explica porque o seu melhor amigo agora não é mais e porque precisa matá-lo. Dá pra perceber uma ligeira crítica ao comportamento adolescente de hoje, tão preocupados com o “ter” em vez do “ser” e tem muita referência ao mundo real ~ adoro isso! É do Matthew Quick, o mesmo autor de “O Lado bom da Vida”.

Confesso que muitas vezes dá uma certa melancolia ao ler o livro, mas é justamente isso o que nos leva a refletir sore a história. Tabém faz a gente se perdoar por coisas pequenas, mas que muitas vezes nos impedem de caminhar. Uma coisa bacana também são as notas de rodapé feitas pelo próprio personagem que ajudam na compreensão dos sentimentos de Leo. O livro faz você viajar dentro da história e passa um dia todinho junto dele, torcendo pra ele mudar de ideia e descobrir porque ele está tão determinado. Se você quiser saber mais sobre o que eu achei, é só olhar o vídeo abaixo!

08nov/13

Guardanapos cheios de poesia e sentimentos

BiaIndicaçõesLivros

Desde quando eu fiz esse post sobre trabalhos caligráficos que venho me encantando com o trabalho de  ‘Eu me chamo Antônio’ que “é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia. […] Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada.” Quem me apresentou tanto talento foi uma leitora linda, a Amanda!

tumblr_mv9504pG8g1rid4sdo3_1280

Toda a arte dele é feita em guardanapos e é incrível como tudo o que ele fala é tão lindo e faz tanto sentido. É daquelas coisas que a gente se pergunta como nunca pensou nisso antes, mas concorda plenamente só de ler.

tumblr_mumd6iyaJn1rid4sdo1_1280 tumblr_muz1s0qAsR1rid4sdo1_1280

tumblr_mumd3seQRJ1rid4sdo1_1280

Pra quem acha que é muito #dordecotovelofeelings, tem muitos trabalhos incríveis com frases que colocam a gente pra pensar no nosso dia, na nossa vida e no rumo que ela vem tomando.

tumblr_mtu1wfRewd1rid4sdo1_1280 tumblr_mtup8yS3Jv1rid4sdo1_1280

Pedro Gabriel, um eterno observador das palavras – pai russo e mãe brasileira – é formado em publicidade e propaganda  pela ESPM-RJ. Até os 13 não formulava nenhuma frase em português e, de tanto observar, fez das palavras um lindo jogo de mensagens perfeitas. E olha, se for pra ficar assim quando crescer, qual é o problema de esperar 13 anos? #penaqueaprendiaformularantesdostreze

tumblr_mu96wcaBcj1rid4sdo1_1280 tumblr_mu9713YAN61rid4sdo1_1280

Além de poder acompanhar diariamente os trabalhos pra lá de lindos do artista, a Intrínseca lança esse mês um livro com uma coletâneas de guardanapos cheios de trocadilhos e mensagens sensíveis de “eu me chamo Antônio”. Já tem a pré-venda na Saraiva e custa R$29,90. Pra conhecer um pouco mais disso tudo, você pode acompanhar por aqui:

Instagram: @eumechamoantonio
Facebook: /eumechamoantonio
Tumblr: eumechamoantonio.tumblr.com

Obrigada, Amanda! Mais alguém me indica um vício?

Tags:
07nov/13

Dicas de presentes pra quem é louco por: fotografia

BiaDicasFotografiaIndicações

Todo mundo conhece alguém que é apaixonado por fotografia, não é mesmo? #amo/sou O problema é dar um presente que seja bacana pra alguém assim. Pensando nisso, fiz uma pequena seleção de produtos pra lá de legais pra você presentear quem é louco por foto e afins:

LOUCOPOR

1.Caixinha de Som Nikon Toycamera /2. Pen Drive de Câmera Bananafoto /3. Caneca Melhores Momentos Imaginarium  /4. Cofre de Câmera Imaginarium  /5. Case para Iphone 4/4s Toycamera  /6. Case para câmera Imaginarium /  7. Colar câmera Bananafoto /8. Almofada de Câmera Lorde /9.Camiseta de Câmeras Use Huck /10. Porta Retrato Vai ficar na história Imaginarium /11. Tapete Claquete Bananafoto

30out/13

E o Instagram nosso de cada dia é mais clichê do que a gente pensa!

BiaDicasIndicaçõesInstagramVocês precisam ver!

Tudo bem que alguma fotos são “clássicas” de Instagram – como por exemplo comida, #partiuacademia, selfies e afins – mas o que a gente nunca parou pra pensar é que existe um número muito maior de clicks que são repetitivos em todos perfis. É o que o pessoal do Satiregram percebeu e criou um trabalho super bacana e engraçado que reúne em texto essas imagens clichês. Todas são em inglês e eu selecionei algumas que me identifico #shameonme.

Quando você tira uma foto da sua bancada de estudo/trabalho com todos os objetos milimetricamente “ajeitados” para se enquadrar na foto e parecer que você está mega ocupado.

Essa eu vejo muito na minha timeline! Quando você faz um print da sua tela com o player aberto, só pra mostrar aquele artista mega desconhecido e bancar o hipster que ama música. #quemnunca

Uma foto básica daquele seriado que está passando na TV  e sim, você precisa mostrar que está vendo AND na televisão porque você não faz pirataria. 

Bloguetes, uni-vos! Quem de nós nunca tirou uma foto no provador? Tá que você pode até nem levar, mas registrou como se fosse!

É uma brincadeira, mas é bacana saber que todo mundo é muito parecido no que diz respeito aos clicks no Insta. Acho divertido ler, me identificar e pensar “cara, isso é a cara da @fulana, ela só posta isso, hahaha…”. Se você também quer seguir esse perfil, @satiregram é nome. E, se você quer me seguir e saber o quão clichê eu sou, @biajiacomine é meu profile!

1 2